Xi Jinping reúne-se com chanceler da Alemanha
Fonte: CRI Published: 2022-11-04 17:12:41

O presidente chinês, Xi Jinping, se reuniu na manhã desta sexta-feira (4) no Grande Palácio do Povo, em Beijing, com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz.

No encontro, Xi Jinping apontou que Scholz é o primeiro líder europeu a visitar a China após o 20° Congresso Nacional do Partido Comunista da China (PCCh), e esta também se trata da primeira viagem do chanceler alemão à China depois que tomou posse. Acredita-se que essa visita ajudará a aumentar a compreensão e confiança mútua e aprofundar a cooperação pragmática em diversos campos, de forma a dar um bom planejamento ao desenvolvimento das relações sino-alemãs para a próxima etapa.

O líder chinês frisou que este ano coincide com o 50° aniversário do estabelecimento dos laços diplomáticos entre os dois países. A jornada das últimas cinco décadas demonstra que é preciso defender os princípios de respeito mútuo, busca por pontos comuns deixando de lado as divergências, intercâmbio e aprendizagem mútua e cooperação de benefício recíproco, a fim de manter a direção geral das relações bilaterais e promover seu desenvolvimento de ritmo estável. Atualmente, diante da conjuntura internacional complicada e mutável, a China e a Alemanha, como dois grandes países com forte influência, precisam cooperar de mãos dadas e contribuir mais para a paz e o desenvolvimento mundial.   

No encontro, Scholz afirmou que a China desempenha um papel importante no combate às mudanças climáticas, na proteção da biodiversidade, na luta contra Covid-19, na resolução da crise alimentar e em muitas outras questões globais. Ele salientou que a Alemanha espera manter a comunicação e a coordenação com a China para salvaguardar melhor a paz e a segurança regionais e mundiais.

Segundo o chanceler alemão, a China é um importante parceiro econômico e comercial da Alemanha e da Europa. Ele disse que seu país apoia firmemente a liberalização do comércio e a globalização econômica, e está disposto a continuar aprofundando a cooperação econômica e comercial com a China e a apoiar as empresas dos dois países a realizarem cooperações de investimento. Além disso, o lado alemão também está disposto a reforçar a compreensão e a confiança mútua com o lado chinês e a esforçar-se para estabilizar, consolidar e desenvolver as relações bilaterais. A Alemanha está disposta a desempenhar o seu devido papel na promoção do desenvolvimento das relações China-UE.

Tradução: Cecília Ma

Revisão: Diego Goulart