Chanceler chinês reúne-se com secretário-geral das Nações Unidas
Fonte: XINHUA Published: 2022-09-25 17:36:39

O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, reuniu-se na sexta-feira com o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, por ocasião da 77ª sessão da Assembleia Geral da ONU.

O secretário-geral Guterres apelou para o fortalecimento da cooperação internacional, à medida que o mundo hoje está cheio de mudanças e caos, o que o lado chinês aprecia profundamente, disse Wang Yi.

A China sempre advoga que os grandes países, especialmente os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, devem assumir a liderança no cumprimento do direito internacional, na manutenção da autoridade da ONU, na prática de um verdadeiro multilateralismo e na ajuda aos países em desenvolvimento, indicou ele, acrescentando que é lamentável que certos grandes países, por seu próprio interesse, pratiquem o unilateralismo em nome do multilateralismo e criem pequenos círculos ou clubes em toda parte sob o pretexto de manter as chamadas regras.

A China se manterá firme junto à ONU, apoiando inabalavelmente o papel principal da entidade nos assuntos internacionais e apoiando a organização a desempenhar um papel maior na abordagem dos desafios enfrentados pela paz e segurança, afirmou Wang Yi.

Guterres expressou apreço pelo papel chave que a China tem desempenhando há muito tempo na defesa do multilateralismo e promoção da cooperação internacional e do desenvolvimento sustentável, dizendo que a parceria com a China é um pilar importante para a ONU e o multilateralismo.

Ele disse que os dois lados têm realizado uma cooperação estreita e eficaz e que a ONU apoia a Iniciativa de Desenvolvimento Global (IDG).

Ele parabenizou a China por organizar com sucesso a Reunião Ministerial do Grupo de Amigos da IDG recentemente, acreditando que o evento ajudará a acelerar a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Guterres informou Wang Yi sobre os recentes esforços para promover os embarques de grãos ucranianos e as exportações de fertilizantes da Rússia e expressou profunda preocupação com as dificuldades enfrentadas pelos países em desenvolvimento devido às repercussões da crise ucraniana.

Guterres disse que a ONU toma o desenvolvimento como prioridade e espera fortalecer a cooperação com a China em questões relacionadas com interesse dos países em desenvolvimento, tais como financiamento, respostas às mudanças climáticas, biodiversidade e medidas antipandêmicas.

Wang Yi disse que a China aprecia a mediação ativa e os resultados tangíveis do secretário-geral, acrescentando que a posição principal da China sobre a questão ucraniana é promover conversações de paz e ficar do lado da paz. Ele enfatizou que a China continuará a desempenhar um papel construtivo à sua própria maneira.

Wang Yi enfatizou que o presidente chinês, Xi Jinping, propôs a IDG e a Iniciativa de Segurança Global, contribuindo com um plano da China para impulsionar a cooperação internacional para o desenvolvimento e ajudar a implementar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e fornecendo bens públicos para mitigar o déficit de paz e segurança e lidar conjuntamente com os severos desafios atuais.

Wang Yi disse que a China está disposta a trabalhar em conjunto com a ONU para formar um maior consenso, reunir mais forças e facilitar mais ações, acrescentando que o país continuará a apoiar as várias causas da ONU e assumirá suas devidas responsabilidades.

No mesmo dia, Wang Yi também se reuniu separadamente com o vice-primeiro-ministro e ministro das Relações Exteriores tailandês, Don Pramudwinai, e o ministro das Relações Exteriores do Sri Lanka, Mohamed Ali Sabry.