Casos globais de COVID-19 ultrapassam 600 milhões, diz OMS
Fonte: Xinhua Published: 2022-09-05 15:53:47

O número de casos de COVID-19 em todo o mundo ultrapassou 600 milhões, de acordo com os dados mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na quinta-feira, a OMS informou que havia 600.555.262 casos confirmados de COVID-19 em todo o mundo, incluindo 6.472.914 mortes.

Os Estados Unidos têm o maior número acumulado de casos e mortes confirmados, com mais de 93,21 milhões de casos e mais de 1,03 milhão de mortes. Juntos, eles representam quase 15 por cento do total global.

Os próximos totais mais altos foram registrados na Índia e no Brasil, que confirmaram casos superiores a 44 milhões e 34 milhões, respectivamente, além de 527.911 e 683.851 mortes.

Em termos de escritórios regionais da OMS, a Europa e as Américas relataram até agora mais de 248 milhões e 175 milhões de casos confirmados, além de 2.077.355 e 2.817.530 mortes, respectivamente. As duas regiões combinadas representam mais de 70 por cento do total de casos confirmados do mundo e mais de 75 por cento das mortes.

Flores, corações pintados à mão e mensagens comemorando as vítimas da pandemia de COVID-19 são vistos no Mural Memorial Nacional de COVID-19 em Londres, Grã-Bretanha, no dia 27 de março de 2022. (Xinhua/Li Ying)

Embora os números semanais de novos casos e mortes de COVID-19 continuem caindo, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse na semana passada que o mundo havia ultrapassado "o trágico marco de um milhão de mortes relatadas até agora este ano".

Ele acrescentou que "não podemos dizer que estamos aprendendo a viver com o COVID-19 quando um milhão de pessoas morreram com a doença somente este ano, quando estamos há dois anos e meio na pandemia e temos todas as ferramentas necessárias para evitar essas mortes".

A OMS pediu a todos os países em todos os níveis de renda que vacinem as pessoas em maior risco e garantam o acesso a tratamentos que salvam vidas, enquanto continuam os testes e o sequenciamento do vírus.