Comentário: os americanos poderão pousar de novo na Lua dentro de cinco anos?

Published: 2019-04-19 16:07:00
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O vice-presidente norte-americano, Mike Pence, disse dias atrás no Conselho Espacial Nacional dos Estados Unidos que o país vai enviar mais uma vez astronautas para a Lua dentro de cinco anos, ou seja, antes de 2025.

De fato, quando George W. Bush era o presidente dos EUA foi elaborado o Programa de Constelação, no qual a Boeing é a responsável principal para pesquisar o Foguete Ares para concretizar o objetivo de pousar de novo na Lua.

Na época de Barack Obama, o Programa de Constelação foi abolido devido ao enorme orçamento e demora. E a ambição de Obama era chegar a Marte.

No entanto, Donald Trump retomou o Programa de Constelação, e o primeiro plano é voltar à Lua e depois pousar em Marte. Contudo, a grande diferença entre Bush e Trump é que o último quebrou o monopólio da Boeing e permitiu a participação de novas empresas privadas, como a Space X.

Nos últimos anos, a Space X recebeu várias e grandes encomendas da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA) e ocupa agora um terço do mercado do lançamento espacial comercial.

Por isso, Pence alertou a Boeing, sem referir o nome, dizendo que o governo vai considerar todos os projetos e não tem promessas com qualquer empreiteiro. Se o nosso atual empreiteiro (Boeing) não puder realizar o objetivo, vamos procurar um novo, afirmou.

Com a concorrência de novas empresas, talvez desta vez a Boeing não cobrará mais do governo norte-americano e nem demorar muito tempo. Os EUA têm a possibilidade de voltar à Lua dentro de cinco anos.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Diego Goulart


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Paisagem de folhas de bordo vermelho em Zhejiang
Base de Marte abre no deserto
Cenário da aldeia Dong em Guizhou, sudoeste da China
Aberto o Salão Internacional do Automóvel de Shanghai
Confira fotos antes e depois do incêndio na Catedral de Notre-Dame
Feira de Importação e Exportação da China abre em Guanghzou

Notícias

Projeto da State Grid oferece 16 mil postos de emprego no Brasil
Fórum Temático do Cinema de Internet foi realizado em Beijing
Reserva de divisas da China no 1º trimestre registra crescimento estável
Parque tecnológico de Tianjin cria bom ambiente de trabalho
Visitar o Bazar em Xinjiang
Jornalistas estrangeiros começam intercâmbios de estudo na China