Presidente de Moçambique aplaude desenvolvimento pragmático do Cinturão e Rota

Fonte: CRI Published: 2019-04-26 21:52:30
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Presidente de Moçambique aplaude desenvolvimento pragmático do Cinturão e Rota

Em entrevista exclusiva à Radio Internacional da China, o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, cita discurso de Xi Jinping, pode-se prever um futuro ainda mais pragmático do Cinturão e Rota. A fala do presidente chinês aconteceu na inauguração do 2º Fórum do Cinturão e Rota para a Cooperação Internacional, nesta sexta-feira (25) em Beijing.

Para Nyusi, os participantes da construção conjunta da iniciativa vêm explorando modelos inovadores de cooperação e compartilhando oportunidades de desenvolvimento. No primeiro fórum, os países se reuniram para unir pensamentos e elaborar planos. Hoje, é o momento de colocar os planos em prática, transformando a disposição em ação e a vontade em realidade.

“Acredito que para o presidente Xi Jinping isso não foi muito fácil, porque estava a trazer uma ideia, um pensamento, uma visão que na primeira vez não foi fácil ser compreendida. Por isso deve ser sábio para nos dar muita interpretação do significado disso e do significado daquilo. Mas este fórum já é pragmático. Houve tempo suficiente para desenhar alguns projetos para indicar exatamente qual é o objetivo.”

Presidente de Moçambique aplaude desenvolvimento pragmático do Cinturão e Rota

Nos últimos cinco anos, após a apresentação do Cinturão e Rota, a China e os países participantes da iniciativa têm trabalhado para realizar cooperações amplas, desempenhando um papel positivo no desenvolvimento socioeconômico local. No final de 2018, entrou em funcionamento a ponte Maputo-Katembe, projeto-piloto sob o quadro do Cinturão e Rota. A construção recebeu repercussões positivas da sociedade. No entanto, a iniciativa também enfrenta dúvidas. Nyusi disse que o fato de cerca de 40 chefes de Estado estarem presentes neste fórum é a melhor resposta a essas dúvidas.

“Não há nenhuma coisa feita pela primeira vez cuja mudança não seja difícil. Mas acho que, pelo fluxo, mais de cem países estiverem aqui e cerca de 40 chefes de Estado e do Governo. Significa que é uma coisa muito mais ampla e integrada. É uma grande oportunidade que o mundo tem para se encontrar e partilhar conhecimentos.”

O presidente chinês disse no seu discurso que o mundo deve criar uma ponte entre culturas diferentes para se entenderem e aprenderem de forma mútua. O Cinturão e Rota é exatamente uma plataforma como essa, que é aberta e diversificada para que todos possam trocar ideias e compartilhar oportunidades de desenvolvimento.

“É o valor que tem no Cintutão e Rota. Quando se pensa na mesma maneira significa estar a pensar dentro da caixa. Não vê o solo, não chove, não vê a lua. E, depois, as ideias terminam. Por isso quando ficam fechados, não se abrem para o mundo, não têm ideia. O que temos fazer é respeitar as culturas diferentes e aprendermos daquilo que é bom dos outros povos.”

Presidente de Moçambique aplaude desenvolvimento pragmático do Cinturão e Rota

Será encerrado neste sábado o 2º Fórum do Cinturão e Rota para a Cooperação Internacional. Mas ainda há muitos passos pela frente. Todos os participantes vão se esforçar de mãos dadas para criar um futuro ainda mais promissor para o Cinturão e Rota.


Reportagem: Li Jinchuan, Shi Xiaomiao

Revisão: Diego Goulart


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Koalas no Parque Safari Chimelong em Guangzhou
A ilha de Weizhou: um lugar tão bonita quanto uma esmeralda
Exibição Horticultural Internacional de Beijing será aberta em 29 de abril
Ônibus de condução automática desafia ponte de vidro em Hunan
Relíquias culturais devolvidas pela Itália em exibição no museu nacional
Centro de Imprensa do Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional inicia operação experimental

Notícias

Beijing sedia Exposição Internacional de Horticultura 2019
Xi Jinping conversa com Marcelo Rebelo de Sousa
Os trabalhadores são as pessoas mais admiráveis
Beijing sedia Exposição de Horticultura de Beijing 2019
​Comentário: o que faremos para viver melhor?
Xi Jinping e líderes estrangeiros visitam Exposição Internacional de Horticultura