Sonho de um londrino residente em Chengdu

Published: 2021-05-10 11:36:39
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“A imagem que tinha da China antes de chegar era totalmente diferente do que vejo aqui. A China é muito legal e muito diferente do que dizem nos veículos de comunicação ocidentais”, contou Gao Rui, londrino de 34 anos que foi morar em Chengdu, capital da província de Sichuan, sudoeste da China, há nove anos. Com o aprofundamento do seu conhecimento sobre o país, Gao fica encantado com as surpresas que a China vem lhe trazendo todos os dias.

“A China tem progredido e inovado. Isso é realmente impressionante. Só faço uma comparação simples para ter uma ideia. A China consegue alcançar um crescimento urbano em dois anos que o Reino Unido vinha realizado em 25 anos. Sua velocidade e transformação da aparência urbana são dez vezes maiores, mas tudo aconteceu de uma forma planejada.”

Agora, Gao Rui é apresentador bilíngue em Chengdu, graças à sua excelente capacidade de comunicação tanto em chinês quanto em inglês e à aparência elegante.

“Não sabia nada desta profissão e jamais pensei que fosse entrar no setor. É uma ótima oportunidade para mim, amo demais. Por isso, meu sonho mudou completamente depois que cheguei à China. Desde a reforma e abertura, a China vem desfrutando de uma posição cada vez mais elevada no palco internacional e começou a sediar mais eventos internacionais, que exigem apresentador bilíngue que conheça as duas culturas e domine as duas línguas. Por isso, sou muito sortudo. Posso sentir o pulso do desenvolvimento da China no palco internacional, junto com meus colegas chineses.”

Gao Rui tem ainda outro sonho: subir ao palco da Gala do Festival da Primavera, festa organizada pelo Grupo de Mídia da China.

“Isso é algo louco. Seria o topo da minha carreira participar da Gala do Festival da Primavera, mesmo assumindo apenas um pequeno papel. Venho acompanhando as galas do Festival todos os anos, durante várias horas, desde o começo até ao fim. Assisto com mais atenção que os telespectadores chineses. Acompanho todos os detalhes, desde ensaios, a postura e o vestuário dos apresentadores até a forma de apresentar.”

No trabalho, Gao Run tem sempre contato com jovens chineses. Para ele, cada um possui seu próprio sonho, se esforça e luta muito para realizá-lo, atitudes das quais se identifica muito.

“É preciso definir uma meta ou sonho dentro do seu alcance. O desenvolvimento e a modernização da China não foram alcançados de uma vez, mas com base em esforços permanentes durante vários anos, com pequenos sucessos, que convergirão no grande sucesso.”

Gao Run está casado com uma chinesa de Chengdu. De vez em quanto, ele desacelera o ritmo de trabalho para desfrutar a vida calma da cidade turística.

“Chengdu pode satisfazer todas as suas necessidades. Mas diferente de outros grandes centros urbanos, aqui você pode parar a qualquer hora. Pode escolher seu próprio ritmo de vida.”

Tradução: Zhu Jing

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Artesanatos decorados com fios de ouro de 0,2mm
Artesão de Hainan produz instrumento musical com cocos
Artista polonês constrói uma casa em formato de chaleira
Escola primária em Changxing comemora o Dia Mundial da Terra
Vamos proteger a Terra com ações práticas
Terras abandonadas são transformadas em parque de chá em Yingshan na província de Sichuan

Notícias

Rússia diz que continua atacando armamento oferecido pelos EUA e Europa à Ucrânia
O “petróleo democrático” com preço subindo
Cidades e vilas chinesas geram 2,85 milhões de empregos no primeiro trimestre de 2022
EUA não querem paz na Ucrânia
Equipe médica chinesa oferece consultas médicas gratuitas em São Tomé e Príncipe
Comentário: Destino de Assange revela a realidade da “liberdade do estilo norte-americano”