Exposição de Produtos de Consumo demonstra perspectiva ampla do mercado de consumo de serviço da China

Fonte: CRI Published: 2021-05-24 11:16:44
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“A China será o maior mercado de consumo orientado para serviços em todo o mundo”, afirmou o diretor de Instituto para Reforma e Desenvolvimento da China em Hainan, Chi Fulin, durante a primeira Exposição Internacional de Produtos de Consumo da China. Ele previu que até 2035, o consumo de serviços no país totalizará US$70 trilhões. A Expo de Produtos de Consumo dedicou uma área específica para o consumo de serviço. Como será a perspectiva desse mercado, ouça a reportagem.

“Esta é uma almofada para bicicleta, experimente o seu peso.”

“Que leve!”

“Tem apenas 65 gramas, peso de um ovo de pato.”

O que tem peso de um ovo de pato é uma almofada para bicicleta produzida por uma empresa doméstica, subordinado ao grupo Taishan. Ele já serviu cinco Jogos Olímpicos, três Jogos Olímpios de Juventude, seis Jogos Universitários Mundiais e seis Jogos Asiáticos, bem como mais de mil competições nacionais e internacionais. A empresa conta com 9 mil tipos de produtos, incluindo bicicleta e grama artificial. Por que a empresa surgiu na área de consumo de serviço? O gerente-geral, Wang Chunqing, nos contará:

“Quando ocorreu os Jogos Olímpicos de Beijing em 2008, nós fomos apenas uma fornecedora de equipamentos. Hoje, somos fornecemos serviço para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Além de produzirmos equipamentos, oferecemos também os serviços de manutenção de equipamentos e recuperação de exercícios.”

Wang Chunqing disse que espera que mais pessoas conheçam seus produtos através da Exposição de Produtos de Consumo.

O serviço médico é uma importante parte do consumo de serviço. Wang Shun é o diretor de uma instituição de serviços médicos. Entre eles, incluem consulta médica básica, tradução de informações médicas, informações sobre medicamentos e tecnologias estrangeiras avançadas, referências em hospitais globais, processamento de visto médico, acompanhamento de tratamento médico no exterior, entre outros. Na Expo, Wang Shun trouxe um produto de serviço dedicado aos doentes de câncer.

Ele lembra que a Zona Piloto Internacional de Turismo Médico de Boao em Hainan é a única “zona especial médica” do país. Ela já se tornou um canal para os medicamentos e instrumentos médicos inovadores do mundo entrarem no mercado chinês. Sua empresa planeja introduzir os recursos avançados de saúde do exterior para a província de Hainan.

“Cerca de 20% dos nossos pacientes usam medicamentos que não estão disponíveis no país. Durante a pandemia, alguns pacientes não puderam sair do país, eles enfrentam o problema de terem que interromper seus medicamentos. Então, nós convidamos eles para a Zona Piloto Internacional de Turismo Médico de Boao, onde podem encontrar medicamentos importados, garantindo assim o processo de tratamento completo.”

Na China, o consumo já é uma das principais forças motriz do crescimento econômico. Como serão as novas tendências de consumo? Quais serão as novas formas de consumo? Na Exposição, quatro grandes empresas de contabilidade, incluindo PricewaterhouseCoopers (Pwc) e KPMG, apresentaram os relatórios do mercado de consumo da China, as análises sobre a tendência de consumo do futuro e as soluções correspondentes.

“A Pwc concluiu um relatório detalhado sobre o mercado de produtos de consumo da China no ano passado. Vamos compartilhar nossos resultados de pesquisa nesta Exposição.”

“O livro branco publicado conjuntamente pela KPMG e Moody's é o primeiro relatório de análise sobre o porto de livre comércio, inclusive seu mercado de consumo turístico.”

Liang Weijian, da Pwc, disse:

“A digitalização é uma tendência irreversível. Hoje, uma grande parte dos consumidores considera a saúde e a segurança alimentar prioritárias do consumo. Através da big data, as empresas podem desenhar produtos conforme os gostos dos consumidores, de modo que o design de produtos e a produção sejam eficientes.”

Durante o período do 13ª Plano Quinquenal, o consumo de serviço desenvolveu-se rapidamente e teve uma percentagem cada vez maior no consumo geral. De acordo com os dados do Ministério do Comércio, em 2019, o consumo de serviço per capita representou 45,9% do total. Prevê-se que, nos próximos cinco a 15 anos, a China exercerá uma influência importante ao mercado global em relação ao consumo. Até 2035, o consumo de serviços na China totalizará US$70 trilhões.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Artesanatos decorados com fios de ouro de 0,2mm
Artesão de Hainan produz instrumento musical com cocos
Artista polonês constrói uma casa em formato de chaleira
Escola primária em Changxing comemora o Dia Mundial da Terra
Vamos proteger a Terra com ações práticas
Terras abandonadas são transformadas em parque de chá em Yingshan na província de Sichuan

Notícias

Rússia diz que continua atacando armamento oferecido pelos EUA e Europa à Ucrânia
O “petróleo democrático” com preço subindo
Cidades e vilas chinesas geram 2,85 milhões de empregos no primeiro trimestre de 2022
EUA não querem paz na Ucrânia
Equipe médica chinesa oferece consultas médicas gratuitas em São Tomé e Príncipe
Comentário: Destino de Assange revela a realidade da “liberdade do estilo norte-americano”