Comentário: Mike Pompeo, pessoa sem credibilidade

Fonte: CRI Published: 2020-09-01 21:31:04
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Dias atrás, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, acusou a China nas redes sociais, pela “ignorância” da proteção ambiental no desenvolvimento econômico. Sobre isso, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China respondeu que “o Sr. Pompeo deveria se olhar bem no espelho”. Os políticos de Washington decidiram a saída do Acordo de Paris e impediram a a redução de emissão de carbono do globo, que já são reconhecidos mundialmente e perderam sua credibilidade na comunidade internacional.

Para aqueles que conhecem bem a economia chinesa, o desenvolvimento verde é uma palavra-chave do desenvolvimento de alta qualidade do país. Em 2018, a emissão de dióxido de carbono por cada unidade do PIB foi reduzida em 45,8%, comparando com 2005. Até o final de 2019, 99% do lixo doméstico nas cidades foi tratado de maneira amigável ao meio ambiente. Além disso, a China tem cumprido as obrigações e responsabilidade estipuladas nos acordos internacionais, contribuindo com seus esforços à gestão do meio ambiente do globo.

Entretanto, Pompeo ignorou os trabalhos feitos pela China e a avaliação imparcial da comunidade internacional sobre os esforços chineses na proteção ambiental. Na verdade, os EUA são o país que emitiu mais gases de efeito estufa no mundo e anunciaram a suspensão da implementação do Acordo de Paris em junho de 2017, impedindo a redução de emissão de carbono e o desenvolvimento verde do mundo.

Além do meio ambiente, o atual governo estadunidense rasgou vários acordos e saiu de diversas organizações internacionais. Segundo analistas, alguns políticos de Washington, representados por Mike Pompeo, estão maximizando seus interesses políticos privados, o que prejudica a imparcialidade e a justiça internacional, assim como a paz, a estabilidade e o desenvolvimento mundial.

Mike Pompeo já tem sido amplamente denunciado pela imprensa norte-americana por seu notório desempenho no cargo, mais recentemente nesta segunda-feira (31) com o The Washington Post o classificando como "o pior secretário de Estado na história".

Em um artigo de opinião, o vice-editor editorial do jornal, Jackson Diehl, destacou que o principal diplomata de Washington "não conseguiu preencher dezenas de cargos seniores no Departamento de Estado, e centenas de diplomatas saíram ou foram forçados a sair em expurgos políticos". Diehl escreveu que a moral do Departamento de Estado está no seu nível mais baixo da história, citando pesquisas que indicaram que o número de pessoas que consideram que os líderes seniores do Departamento de Estado "não mantiveram altos níveis de honestidade e integridade" aumentou em 34% entre 2016 e 2019.

O Sr. Pompeo deve ler este artigo propriamente e conhecer bem o que está acontecendo no seu país.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Fotógrafo transforma alimentos em obras de arte
Festival de Turismo de Shambhala, em Gansu
Pessoas aproveitam o tempo de lazer em um parque de Beijing
Alunos voltam à escola no início do novo semestre em Beijing
Pessoas praticam yoga ao ar livre na província de Guizhou
Designer de roupas para animais de estimação inspirada em vestimentas históricas da etnia Han

Notícias

Lei de imposto sobre recursos da China entra em vigor
Zhejiang registra recorde de entrega de 10 bilhões de pacotes em 8 meses
Shanghai explorará ainda mais potencial de mercado de consumo
Construção inteligente aumenta a felicidade dos habitantes em Tianjin Eco-City
OMC agradece Roberto Azevêdo pelos trabalhos nos últimos sete anos
PMI manufatureiro da China cai em agosto