Construção conjunta do Cinturão e Rota traz vitalidade à Papua Nova Guiné

Published: 2018-11-16 15:41:29
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Papua Nova Guiné, palco da APEC 2018, atraiu os olhares do mundo nos últimos dias. Sendo o primeiro país dos Estados Insulares do Pacífico a assinar o memorando do Cinturão e Rota com a China, Papua Nova Guiné testemunha as mudanças positivas trazidos por projetos do Cinturão e Rota.

 

Os projetos no país melhoraram as condições de infraestrutura, elevando de forma considerável a vida dos habitantes locais. O premiê do país, Peter O’neill, disse na entrevista à mídia chinesa que o país apoia a proposta Cinturão e Rota. Para Papua Nova Guiné, a iniciativa trouxe investimentos e uma nova maneira de promover a infraestrutura do país e elevar o padrão de vida da população, disse O’neill.

 

Durante a visita ao país do presidente chinês, Xi Jinping, o jornal “South Pacific Post Courier” publicou inúmeras reportagens sobre o tema. Para o jornalista Gorethy Kenneth, os projetos de infraestrutura ajudaram a desenvolver as vilas mais remotas do país.

 

Tradução: Li Jinchuan

Edição: Rafael Fontana

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Primeiro hotel subterrâneo do mundo abre em Shanghai
Exposição no Museu Nacional da China comemora 40 anos da reforma e abertura
Golfinhos do Rio Yangtze protegidos em Wuhan
Floresta de ginkgo em Linyi, província de Shandong
Robôs procedem à triagem de embalagens em Anhui para Dia dos Solteiros
Paisagem de neve da Montanha Guangwu em Sichuan

Notícias

Construção conjunta do Cinturão e Rota traz vitalidade à Papua Nova Guiné
​Macau distribui US$ 2,32 bilhões a subsídios públicos no próximo ano
China vai aprofundar reforma sobre propriedade mista em áreas principais
Guandong recebe 2º Campeonato Policial Mundial de Tiro com Pistola
Premiê chinês comparece a 2ª cúpula da parceria econômica abrangente regional
Economia chinesa continua mantendo estabilidade em outubro