Agenda diplomática de Xi Jinping termina ano com visita à Europa e América Latina

Fonte: CRI Published: 2018-11-23 17:16:07
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O presidente chinês, Xi Jinping visitará, Espanha, Argentina, Panamá e Portugal entre os dias 27 de novembro e 5 de dezembro, a convite dos Chefes de Estados dos quatro países. A agenda foi anunciada nesta sexta-feira (23) pelo Ministério das Relações Exteriores da China.

Nesse período, Xi Jinping deve participar da cúpula do G20 a ser realizada em Buenos Aires. Em um cenário internacional complexo, a China espera que os membros do G20 mantenham o espírito de parceria e sigam uma direção correta para promover o desenvolvimento inclusivo da economia mundial.

Agenda diplomática de Xi Jinping termina ano com visita à Europa e América Latina

Novembro é um mês intenso para diplomacia chinesa. Logo depois da viagem para a APEC, o presidente Xi Jinping se deslocará até a Europa e a América Latina para efetuar visitas oficiais e participar do G20. De acordo com o ministro adjunto das Relações Exteriores, Zhang Jun, a cúpula do G20 deste ano adotou como temática a “convergência do consenso para desenvolvimento justo e sustentável”. Os tópicos abrangem desde comércio e investimento a economia digital e infraestrutura.

"Na ocasião, o presidente Xi Jinping irá explicar detalhadamente a postura e a proposta da China em relação a essas questões. Ele conversará com os líderes dos países envolvidos para reforçar a coordenação das políticas macroeconómicas, a fim de criar um bom ambiente de desenvolvimento e impulsionar a abertura e a inclusão da economia mundial."

Diante de jornalistas chineses e estrangeiros, o vice-ministro chinês de Comércio, Wang Shouwen, afirmou que o sistema multilateral tem contribuído para estimular o comércio global e o crescimento econômico mundial. Ele disse esperar que os países G20 persistam no multilateralismo e lidem com os desafios por meio de ações coletivas.

"Desde a adesão à Organização Mundial do Comércio, a China tem se dedicado à construção de uma economia mundial aberta, com apoio firme ao sistema multilateral e oposição clara ao protecionismo. Sob o impacto do unilateralismo, o país é favor da reforma necessária na OMC para defender sua autoridade e eficácia."

O diplomata Zhang Jun enfatizou que a reforma da OMC deve assegurar os valores e princípios fundamentais, incluindo a participação ampla dos membros. No entanto, o G20 não é a OMC e não pode tomar decisões pela entidade.

Em sua última agenda de importância diplomática deste ano, Xi Jinping faz visitas de Estado à Espanha, Portugal, Argentina e Panamá. O vice-chanceler Wang Chao afirmou que a viagem do presidente chinês vai injetar uma nova dinâmica ao relacionamento China-Europa. Ao mesmo tempo, vai abrir mais espaço para a construção do Cinturão e Rota.

Além disto, deve mencionar que China e Panamá estabeleceram relações diplomáticas no ano passado. Para o vice-chanceler Qin Gang, a visita de Xi Jinping ao Panamá simboliza um marco para conduzir o desenvolvimento das relações entre a China, a América Latina e o Caribe.

"O Panamá é um novo amigo da China na América Latina e Caribe. Ao longo de um ano e meio, os dois Estados têm cooperado de forma rápida e efetiva. Foi um ótimo começo. O objetivo da visita do presidente chinês é reforçar o conhecimento e a amizade para assentar uma base sólida no desenvolvimento das relações bilaterais.”

Tradução: Isabel Shi

Revisão: Rafael Fontana

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Cozinheiros participam de competição de habilidades culinárias em Hebei
Alunos de Qingdao fazem arte criativa com folhas
Panorama aéreo da ponte Leixin em Jiangxi
Exibição em homenagem aos 40 anos da reforma e abertura recebe visitantes estrangeiros
Pessoas da étnia Miao celebram festival tradicional em Guizhou
Fotos aéreas de cidade Yangzhou

Notícias

Diminui número de moradores permanentes em Beijing
Xi'an aumenta número de trens de carga China-Europa em 2018
Agenda diplomática de Xi Jinping termina ano com visita à Europa e América Latina
Comentário: Quais são as palavras não ditas do Brexit?
Satélite sino-brasileiro de recursos terrestres é exemplo da Cooperação Sul-Sul
Inaugurado Salão Chinês na Cidade do Panamá