Comentário: “Duas Sessões” mostram a vitalidade da democracia chinesa

Fonte: CRI Published: 2021-03-10 20:22:14
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

As sessões anuais da Assembleia Popular Nacional (APN) e da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPCh) são guias das políticas chinesas, sendo também uma janela para o mundo observar a prática da democracia do país.

Nas “Duas Sessões” deste ano, mais de 3 mil representantes da APN e mais de 2 mil membros do Comitê Central da CCPPCh reunem-se em Beijing para discutir sobre os projetos e propostas em relação ao planejamento do desenvolvimento socioeconômico do país de cinco a quinze anos, mostrando a vitalidade da democracia chinesa.

Qual é o melhor tipo de democracia? Essa questão acompanha o processo de desenvolivmento econômico e social da humanidade há tempos. Algumas pessoas do Oriente acham a democracia ocidental a forma final da civilização política humana, e tentam promovê-la em todo o mundo. Contudo, muitos fatos provam que apenas um sistema democrático baseado nas condições de cada país é confiável e eficaz.

Como órgão supremo do poder do país, a APN é composta por representantes provenientes de toda a China, incluindo províncias, municípios, regiões autônomas, regiões de administração especial e exército. Todas as minorias étnicas têm suas representantes na legislatura. Esses são princípios estipulados na Constituição. No caso da CCPPCh, os membros do Comitê Central abrangem membros dos partidos democráticos e sem filiação partidária. Eles são eleitos de forma democrática e desempenham um papel importante de consulta política e supervisão democrática na vida política chinesa.

Os participantes das “Duas Sessões” incluem funcionários, empresários, profissionais de tecnologia e educação, operários, agricultores, entre outros, garantindo que as preocupações de todos os setores da sociedade chinesa cheguem à maior plataforma de discussão política do país.

Segundo as opiniões dos legislatores e dos membros da CCPPCh, o relatório de trabalho do governo deve ser revisado em 81 ítens, e os programas do 14º Plano Quinquenal e Metas de Longo Prazo para 2035 devem ter 55 ítens revisados. As “Duas Sessões” é um verdadeiro reflexo da opinião pública.

A forma democrática ocidental de “cada um tem um voto” está mostrando suas desvantagens, por exemplo, políticos compram votos com dinheiro, partidos colocam a luta contra concorrentes acima dos interesses do povo, eleitores votam cegamente... Esse caos políticos não é raro no Ocidente, expondo as profundas contradições da democracia ocidental.

A democracia chinesa, no entanto, é estipulada sob a liderança do Partido Comunista da China, unindo consensos através do sistema para formar uma ação nacional a fim de alcançar a meta fundamental de servir o povo.

Se o sapato fica bem no pé, só quem calça sabe. Há vários tipos de democracia no mundo e todos os países têm direito de escolher seu próprio caminho democrático conforme suas condições nacionais. O sistema democrático socialista da China reflete a vontade do povo, garante os direitos e interesses populares e é apoiado pelas pesssoas. É dele onde vem a autoconfiança de desenvolvimento da China. A democracia chinesa alargou o caminho de busca do ideal democratico da humanidade.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Erasto Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Aldeia de Wuyuan acolhe chegada da primavera
Flores de cerejeira em Guizhou
Pessoas visitam show de luzes em Wuhan, província de Hubei
As flores de damasco na cidade Zaozhuang estão em plena floração
Fotos aéreas da praça cultural em Liuzhou
China realiza comemorações do Dia Internacional da Mulher

Notícias

Preços ao produtor da China sobem 1,7% em fevereiro
Inflação ao consumidor cai 0,2% em fevereiro na China
Declaração da CGTN sobre sanções e decisões do Ofcom do Reino Unido
Ministério das Relações Exteriores da China apela por cooperação com OMS para realizar o trabalho de rastreamento
Representante chinês pede solidariedade na resposta ao Covid-19 no Conselho de Direitos Humanos da ONU
As duas sessões de 2021 - Reformas Científicas e Tecnológicas