Preços dos imóveis residenciais na China caem levemente em fevereiro

Fonte: Xinhua Published: 2020-03-02 17:50:00
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Os preços dos imóveis residenciais em 100 cidades chinesas registraram um leve declínio em fevereiro, mostrou um relatório do setor.
Entre as 100 cidades pesquisadas, os preços médios das novas habitações caíram 0,24% ante janeiro, para 15.173 yuans (US$ 2.178) por metro quadrado, segundo a China Index Academy, uma instituição de pesquisa imobiliária.
Os preços médios de novas residências subiram 3,05% anualmente.
Um total de 72 cidades registrou uma diminuição mensal nos preços das habitações em fevereiro, enquanto 26 cidades tiveram aumento e duas cidades registraram preços inalterados.
Em meio ao surto do novo coronavírus, muitas cidades suspenderam as atividades de vendas de casas, bem como a construção de apartamentos, o que pesou sobre a operação do setor intensivo de capital, de acordo com o relatório.
O relatório previu que a política imobiliária da China permanecerá estável em 2020, acrescentando que os governos locais devem ajustar suas políticas de mercado imobiliário com apoio razoável e direcionado ao setor.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pacientes infectados pelo novo coronavírus se recuperam e recebem alta hospitalar em Wuhan
Os bailarinos demonstram movimentos durante curso online
Agricultores colhem vegetais para garantir o fornecimento do mercado
Aviões fretados levam trabalhadores de volta ao trabalho
Restaurante oferece refeições gratuitas para funcionários médicos em Haikou
Campo de flores de canola em Sichuan

Notícias

Cientistas descobrem possível evidência de cromossomos e DNA preservados em fósseis de dinossauros
Preços dos imóveis residenciais na China caem levemente em fevereiro
Comentário: Por que falha alegação do chamado "colapso da China"?
Li Keqiang: Trabalhar pelo avanço na pesquisa de medicamentos contra o COVID-19
Primeiro-ministro anuncia grande revisão da abordagem britânica pós-Brexit
Vice-presidente chinês reúne-se com primeiro vice-premiê da Sérvia