Comentário: economia chinesa mantém sua estabilidade

Published: 2019-12-16 20:07:36
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Administração Estatal de Estatísticas da China publicou hoje (16) os dados mais recentes sobre a economia chinesa, mostrando que a situação econômica do país continua estável.


Primeiro, o emprego da China é estável. Nos primeiros 11 meses deste ano, houve um aumento de 12,79 milhões de empregos nas zonas urbanas. A previsão é que até o final deste ano, o país tenha mais de 13 milhões de novos empregos. Será o sétimo ano consecutivo que o aumento de empregos da China atingirá esta cifra. O emprego é a base da vida do povo e do crescimento econômico da China.


Segundo, o comércio exterior e os investimentos estrangeiros são estáveis. Até novembro, o valor total das exportações e importações da China aumentou 2,4% comparado com o mesmo período do ano passado, entre os quais, o valor comercial com os países da ASEAN cresceu 12,7% e com os países envolvidos no Cinturão e Rota expandiu 9,9%.


Além da estabilidade, a economia chinesa continua melhorando sua estrutura. A demanda interna desempenha um papel cada vez maior no impulso do crescimento econômico da China. Nos primeiros 11 meses, o investimento nos ativos fixos aumentou 5,2% e o valor total das vendas em varejo de artigos de consumo cresceu 8% em comparação com o mesmo período do ano passado. Isso demonstra que o crescimento da economia chinesa depende mais do seu grande mercado interno.


Atualmente, os chineses prestam mais atenção à qualidade dos artigos de consumo e aos serviços. As estatísticas revelam que o consumo dos serviços já ocupa cerca de 50% do consumo total dos habitantes chineses.


A estrutura industrial da China continua melhorando também. Em novembro, as indústrias de altas tecnologias e a manufatura de equipamentos aumentaram 8,9% e 8,5% respectivamente. Os serviços modernos, tais como, tecnologias de informações, softwares e aluguel comercial, aumentaram notavelmente.


Sob o contexto da desaceleração econômica mundial, não é fácil para a China conseguir um resultado econômico tão bom. Isso é por causa dos grandes recursos humanos e das políticas adotadas pelo governo chinês.


Neste ano, a China já diminuiu mais de dois trilhões de yuans de impostos. Além disso, o país não parou de lançar medidas para facilitar o comércio. Nos primeiros dez meses, quase 20 mil novas empresas foram criadas no país diariamente.


Todos os fatos demonstram mais uma vez que a economia chinesa mantém a estabilidade e a boa tendência de desenvolvimento a longo prazo.


Tradução: Luís Zhao

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Um hotel feito de gelo e neve em Mohe
Paisagem da montanha Wuyi,província de Fujian
Competição de produtos feitos de barro foi realizada em Chongqing
O mar de nuvens na alvorada do inverno na cidade de Puer, província de Yunnan
Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai

Notícias

Comentário: economia chinesa mantém sua estabilidade
Revista Qiushi publica artigo de Xi Jinping sobre promoção do desenvolvimento econômico regional
Li Keqiang congratula Boris Johnson pela reeleição como primeiro-ministro do Reino Unido
Entrada de investimento direto estrangeiro da China sobe 6% entre janeiro e novembro
Entrevista: Intercâmbios de educação entre parte continental e Macau demonstra força do "um país, dois sistemas"
Macau registra desenvolvimento rápido nas últimas duas décadas