Chanceler chinês aborda perspectiva das relações entre China e Grécia

Published: 2018-08-28 11:15:32
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, recebeu nesta segunda-feira (27) em Beijing o chanceler da Grécia, Nikos Kotzias. Na entrevista coletiva, Wang Yi afirmou que a China e a Grécia gozam de uma amizade histórica, enquanto a cooperação se estreita a cada. Para ele, esse relacionamento serve como um exemplo para países de tamanhos e regimes distintos.

Chanceler chinês aborda perspectiva das relações entre China e Grécia

O ministro chinês, que também é conselheiro de Estado, citou três aspectos relevantes das relações sino-gregas. O primeiro consiste na confiança mútua consolidada. Os dois lados têm tratado o relacionamento de ponto de vista estratégico e de longo prazo, com admiração e entendimento recíproco. No que se tange a questões de interesse vital, os dois países apoiam-se de forma firme, fator que fortalece a confiança mútua e estimula o rápido desenvolvimento das relações.

A segunda referência é o aprofundamento da cooperação pragmática. A China e a Grécia compartilham a mesma visão quanto à iniciativa Cinturão e Rota, de forma a impulsionar a interligação e a complementaridade das vantagens. A Grécia tem se tornado um dos destinos europeus mais importantes de investimento da China. Os dois chanceleres assinaram um memorando de entendimento em relação da construção do Cinturão e Rota, o que abre mais espaço para cooperações entre as duas nações.

O intercâmbio pessoal também se amplia, configurando o terceiro aspecto relevante das relações, segundo Wang Yi. Com isso, verifica-se o aumento das cooperações nas áreas de cultura, educação, tecnologia e marítima. Como representantes de algumas das civilizações mais longevas da História, a China e a Grécia promoveram o Fórum da Civilização Antiga, com a finalidade de buscar nas experiências e na sabedoria ancestral as soluções para os desafios mundiais.

Os dois ministros concordaram em acelerar a colaboração na construção do Cinturão e Rota e alavancar o parceiro estratégico para um novo patamar. Beijing e Atenas vão reforçar a interação nos campos de infraestrutura, comércio e finanças, assim como levar adiante a construção do Porto de Piraeus e da linha marítima China-Europa. O país asiático está propenso a importar mais produtos gregos e a alcançar um equilíbrio comercial. Wang Yi convidou o governo grego para participar do Fórum de Cooperação do Cinturão e Rota e da primeira edição da Expo Internacional de Importações da China.

O chanceler chinês revelou que o Centro Cultural da China será aberto em Atenas no ano que vem, dizendo esperar que a Grécia estabeleça uma instituição similar na capital chinesa. Olhando para futuro, a China continua estreitando os intercâmbios bilaterais com a Grécia em respeito da educação, tecnologia, imprensa, think tank e turismo, disse Wang Yi.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China Post lança selos especiais com temática do Cinturão Econômico do Rio Yangtzé
Ronghua, um tipo de decoração de gancho de cabelo das mulheres da antiguidade da China
Cooperação China-África em infraestrutura
Beijing se prepara para receber próxima Cúpula do Fórum de Cooperação China-África
A beleza de África pela lente de vários fotógrafos
Gamescom 2018: Maior feira de games europeia

Notícias

Estados Unidos e México fecham acordo comercial
Chanceler chinês aborda perspectiva das relações entre China e Grécia
Comentário: repetidas sanções dos EUA são traição à aliada UE
Centro China-Europa em Chengdu recebe pedidos de entrada de 39 países
Guangdong começará a emitir residência para cidadãos de HK, Macau e Taiwan
Empresas da China buscam inovação para aumentar competitividade global