Comentário: Relações econômicas e comerciais sino-japonesas se desenvolveram em 40 anos

Fonte: CRI Published: 2018-08-17 17:36:27
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Pela ocasião dos 40 anos da assinatura do Tratado de Paz e Amizade entre China e Japão, o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, e o premiê japonês, Shinzo Abe, enviaram mensagens de congratulação um para outro. Eles concordam com o aprofundamento das cooperações de benefício recíproco e a promoção do desenvolvimento sadio e estável das relações bilaterais em longo prazo.

As relações econômicas e comerciais sino-japonesas foram retomadas após a normalização do relacionamento diplomático entre os dois países. Em pouco tempo, o Japão tornou-se o maior parceiro comercial da China. Em 1990, o Japão tinha 160 empresas no continente chinês. Esse número aumentou para 1600, em 2001.

Em 2007, a China superou os EUA a se tornar o maior parceiro. O volume de comércio de bens entre os dois países chegou a 27,9 trilhões de ienes no mesmo ano. Desde então, a China tem sido o maior parceiro comercial do Japão em 11 anos consecutivos. A exportação japonesa para a China bateu o recorde histórico em 2017, atingindo 14,89 trilhões de ienes, um aumento de 69% em relação a 2005.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Aviões de grande porte no Airshow China 2018
Restaurante automático serve clientes em Beijing
Festa Global de Programadores foi realizada em Xi´an
Salão do Automóvel de São Paulo 2018
Caças chineses em destaque no Airshow China
Paisagem noturna de Wuzhen

Notícias

Importações da China saltam 26,3% e exportações sobem 20,1% em outubro
Tiroteio deixa 13 mortos na Califórnia
Comentário: exposição de importação ilumina o futuro
Comentário: uma “ponte à prosperidade” é vital para a China e o mundo
Inaugurada 5ª Conferência Mundial da Internet
Qingdao inaugura primeiro metrô com túnel submarino da China