Lanchonete de Wuhan atrai muitos clientes após recuperação de operação

Fonte: CRI Published: 2020-04-20 14:28:32
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Lanchonete de Wuhan atrai muitos clientes após recuperação de operação

O restaurante e lanchonete Zhaoshifu Reganmian serve um café da manhã bem conhecido entre os moradores de Wuhan, cidade com grande população no centro da China. Sua especialidade é o Reganmian, macarrão com molho de gergelim, um petisco muito típico em Wuhan e até bem famoso pela China. Durante o horário de funcionamento normal, a fila de clientes em frente do restaurante tem sempre dezenas de metros de cumprimento. Devido ao impacto do novo coronavírus, o estabelecimento ficou fechado por mais de dois meses. Recentemente, reabriu e voltou a atrair muitos clientes.

Para garantir a segurança, os garçons empacotam a comida conforme os requisitos dos clientes e a colocam na mesa fora do restaurante. Os clientes levam os pedidos e não há contato físico em todo o processo.

A dona do estabelecimento, Zhao Youzhi, tem 62 anos de idade. Ela lembra constantemente os clientes na fila para manterem a distância social, enquanto ajuda a empacotar os pedidos para reduzir o tempo de espera.

“Levantamos mais cedo do que o habitual, porque temos de concluir os trabalhos de limpeza e desinfecção antes do restaurante começar a funcionar. Além disso, também medimos a temperatura dos empregados e pedimos para que eles façam bem os trabalhos de proteção. Todos chegam uma hora antes do que quando não havia epidemia”.

Lanchonete de Wuhan atrai muitos clientes após recuperação de operação

Geralmente, o restaurante fecha anualmente só na véspera do Festival da Primavera, festival tradicional mais importante da China, e retoma as operações no oitavo dia de janeiro do calendário lunar chinês. Essa tradição já durava mais de 20 anos. Entretanto, neste ano, o restaurante não abriu como programado devido ao impacto da epidemia.

“Claro que estou muito ansiosa. Os funcionários não têm outra alternativa a não ser ficar em casa sem receber salário. Por outro lado, o meu restaurante não é grande, mas tenho que pagar mensalmente um aluguel de dezenas de milhares de yuans. A perda econômica causada pela suspensão do funcionamento do restaurante não é uma quantia pequena para mim. Mas apesar de enfrentar dificuldades, apoiamos as decisões do governo e mantemos uma atitude otimista. O que podemos fazer é implementar bem os trabalhos de proteção para garantir a segurança dos funcionários e tentar recuperar o funcionamento regular do estabelecimento o mais cedo possível.”

123MoreTotal 3 pagesNext

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Mercados de flores em Wuhan retomam negócios
Empresa intensifica a produção de máscaras infantis para garantir fornecimento
Paisagem do lago Haokun em Guangxi
Primavera: pereiras florescem em Gansu
Todos os moradores livram-se da pobreza em Huamao, província de Guizhou
Vista aérea do condado de Luonan em Shaanxi

Notícias

Registros médicos dos primeiros pacientes do coronavírus são publicados
Comentário: Mark Esper acusa China para se livrar da culpa do surto no porta-aviões
Comentário: Jogo de culpas mostra falta de autoconfiança de políticos norte-americanos
Derrotado o sofisma da Casa Branca de culpar outros no combate a COVID-19
Economia chinesa no 1º trimestre: Esperança cresce em meio a dados negativos esperados
Xi Jinping homenageia militares participantes do combate ao COVID-19