Estudante brasileiro Miguel Manacero registra a vida de quarentena em Wuhan

Fonte: CRI Published: 2020-04-28 18:29:40
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

De 19 anos de idade, o estudante brasileiro, Miguel Manacero, escolheu não se retirar de Wuhan, o primeiro epicentro da pandemia do COVID-19, e enfrentou sozinho a vida totalmente isolada na universidade. Felizmente, não teve nenhum amigo nem conhecido infectado e saiu do surto com saúde.

No início também sentiu medo e os pais se preocuparam com as necessidades diárias do filho. Mas de fato, os mercados não pararam e a cidade de Wuhan recebeu muitas doações de outras províncias, inclusive sua universidade, que recebeu alimentos, disse Miguel Manacero. Portanto, ficou impressionado com a mobilização da China para combater a epidemia. “Comparando com a população de Wuhan, o número de casos infectados não foi tão grande. A cidade conseguiu lidar bem com a situação,” relembrou o jovem brasileiro.

Outra história que mexeu com Miguel Manacero aconteceu com ele mesmo. Um dia no supermercado se deparou com um senhor de idade que lhe pediu desculpas por causa da doença. “Mas a culpa não é de ninguém,” retrucou sinceramente. O jovem bondoso ainda ajudou como intérprete na retirada dos compatriotas brasileiros de Wuhan.

Logo que o primeiro caso do COVID-19 chegou ao Brasil, Miguel Manacero avisou a família para se prevenirem e evitarem sair ao máximo. Com a própria experiência em Wuhan, deseja que a questão seja controlada da melhor forma no Brasil.

Agora a vida está voltando ao ritmo normal na China. Olhando para o futuro, Miguel Manacero está planejando começar uma graduação em educação física numa universidade chinesa, ao mesmo tempo, quer aproveitar para conhecer mais lugares e pessoas diferentes do país o qual é apaixonado.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Torre da Garça Amarela em Wuhan reabre hoje
Estudantes de ensino médio em Beijing voltam às aulas
Cerimônia de lançamento para promover o consumo turístico realizada em Guizhou
Armazém de carga em forma de cápsula em Yueyang na província de Hunan
Lago salgado Caka em Qinghai reabre a turistas
Longlin de Guangxi desenvolve indústria de chá para sair da pobreza

Notícias

Entrevista com Ronnie Lins, diretor do Centro China-Brasil
Embaixador chinês conversa com vice-presidente brasileiro
Preços dos produtos agrícolas na China recuam pela 9ª semana consecutiva
Parte continental da China não registra nenhuma morte por COVID-19 em 13 dias
Bilhetes eletrônicos cobrem todas as ferrovias de alta velocidade e interurbanas na parte continental da China
Grupo de Mídia da China doa 500 milhões de yuans em recursos de publicidade para Hubei