Web  portuguese.cri.cn  
Conheça a culinária saborosa e diversificada do Marrocos
  2017-06-26 21:47:21  cri

A culinária do Marrocos é famosa mundialmente devido aos sabores exóticos. O Marrocos produz uma grande variedade de frutas e legumes mediterrâneos e até mesmo alguns mais tropicais. As carnes mais comuns incluem a carne bovina, carneiro, frango, camelo, coelho e frutos do mar, que servem como base para sua culinária. Os aromas característicos são picles de limão, azeite não refinado prensado a frio e frutas secas.

A cozinha marroquina pode ser considerada de grande riqueza e diversidade, possivelmente isto ocorra devido à interação com outras culturas estrangeiras. Hoje em dia, a cozinha marroquina é uma mistura da gastronomia provenientes dos berberes, mouriscos, Oriente Médio, mediterrâneo e africano, no entanto possui suas personalidades próprias. Uma refeição típica marroquina inicia-se com uma série de saladas quentes e frias, seguida por uma tajine. Muitos marroquinos comem com a mão direita e usam o pão como um utensílio. Muitas vezes, para uma refeição formal, é servido um prato de cordeiro ou de frango, normalmente acompanhado de cuscuz coberto com carne e legumes. Um copo de chá com hortelã bem doce geralmente termina a refeição. Vale lembrar que o consumo de carne de porco e álcool é proibido por restrições alimentares muçulmanas.

As especiarias são bastante usadas Canela, cominhos, gengibre, sésamo, açafrão e pimenta preta, são apenas alguns dos exemplos. A comida marroquina é conhecida pelos seus sabores marcantes. As azeitonas, limões e laranjas são muitas vezes usados para confeccionar os pratos. Um dos pratos mais típicos da gastronomia marroquina é o cuscuz, bolinhas de sêmola de trigo, cozido ao vapor e que pode ser acompanhado com legumes, carne ou peixe.

As tajines, feitas num recipiente de barro, são também um prato típico marroquino que são cozinhados ao vapor e estufados. Como são feitos em fogo médio, ficam bastante apurados, com sabores muito distintos. As tajines têm vários modos de preparo, como o bacalhau em Portugal com as 1001 receitas. Pode ser de frango com limão, ou cordeiro com ameixa ou figos, ou simplesmente com variados legumes. Os legumes são muito usados na gastronomia marroquina, cozidos a vapor como complemento ou em saladas. As carnes mais usadas são frango, aves, borrego e até camelo.

As carnes podem ser cozidas ao vapor ou estufadas ou ainda servidas em espetadas, chamadas de brochetes, que se vendem mesmo nas ruas. São sempre muito saborosas, com aromas bem marcantes pelas especiarias. Nas zonas costeiras, os peixes são mais consumidos. Normalmente são cozidos ou fritos. Também muito conhecida na gastronomia marroquina é a Pastilla. É um folhado, com massa fina, com recheio agridoce que pode ir variando, dependendo do que quiser adicionar ao prato. Pode ter carne, frutos secos, frutos do mar ou legumes. É só escolher.

As sopas marroquinas são muito ricas. Uma típica sopa marroquina, chamada de Harira, feita com lentilhas, grão-de-bico, cordeiro, tomate e vegetais variados é um prato que sustenta bastante. Peça algum acompanhamento somente se estiver com muita fome. A Bissara também é uma sopa e seu ingrediente principal é a ervilha, combinada com azeite e especiarias. Quanto às sobremesas, o mel, os pistaches, as frutas secas como nozes e amêndoas, são os principais ingredientes. Portanto , pode encontrar os bolinhos de mel, crepes, feqqas (biscoitos com amêndoas) e os ghoriba (bolinho de côco ou amêndoa e sésamo), por exemplo.

As frutas secas e castanhas estão em todas as refeições, desde o pequeno-almoço, até ao jantar. Os mais usados são amêndoas, castanhas, nozes, figos, ameixas e tâmaras. Nas frutas, os romãs são também muito usados na cozinha marroquina, mas é capaz de se perder por uns doces de morangos com mel e pinhões.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Artista recria obras de arte e fotos de famosas com cachorro quente

v Um bar inspirado em "Game of Thrones" é inaugurado em Washington
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
• Sala de visitas: Sergio Moreira Lima fala sobre a importância histórica da diplomacia brasileira na América do Sul e no mundo (Parte II)
• Entrevista com secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura brasileiro
• Conheça os tipos e benefícios de oleaginosas
• Fórum Internacional do Ensino de Português reúne especialistas em Beijing
• Sala de visitas: As relações Brasil-China e o BRICS sob a análise do presidente da Fundação Alexandre Gusmão, Sergio Eduardo Moreira Lima (Parte I)
mais>>
Galeria de fotos

Vista panorâmica de terras agrícolas e aldeias em Guizhou

Navios da Marinha chinesa em alto mar

A pintura de fios dourados com esmalte cerâmico é um artesanato tradicional chinesa

Festival da Lagosta em Los Angeles
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040