Web  portuguese.cri.cn  
Parque de Shennongjia e Gravuras Rupestres nas Rochas Huashan fazem parte da Lista de Patrimônios Mundiais (parte II)
  2016-08-03 10:30:12  cri

Em meados de julho, foi realizada em Istambul, Turquia, a 40ª sessão do Comitê dos Patrimônios Mundiais. Nesta reunião, dois lugares da China foram incluídos na Lista de Patrimônios Mundiais, Parque Geológico de Shennongjia, da provincial de Hubei, e as Gravuras Rupestres nas Rochas Huashan, na Região Autônoma da Nacionalidade Zhuang de Guangxi. Com isso, o número de locais chineses listados atinge os 50.

Para visitar as Gravuras Rupestres das Rochas Huashan, temos que chegar primeiro à cidade de Chongzuo, em Guangxi. De acordo com especialistas, as pinturas retratam as boas colheita e os antigos rituais. No entanto, o mistério encontra-se na forma como os ancestrais de zhuang conseguiram elaborar as pinturas em penhascos tão altos em tempos tão remotos, e que tipo de tinta foi utilizada para manter as pinturas tão vivas.

As gravuras rupestres nas rochas são um extenso conjunto de arte rupestre histórica que foram pintadas nos penhasco de pedra calcária em Guangxi, durante um período de várias centenas de anos.

As pinturas têm provavelmente uma história de 1800 e 2500 anos. O período da criação destas pinturas, portanto, abrange os tempos do período dos Reinos Combatentes no final da dinastia Han na história da China. As pinturas são atribuídas às antigas pessoas do povo Luoyue, que se acredita serem antepassados da atual nacionalidade Zhuang e que habitavam o vale do rio Zuo durante este período. A datação por carbono sugere que as pinturas mais antigas foram feitas há cerca de 16.000 anos atrás, enquanto as mais recentes têm cerca de 690 anos.

A principal área pintada ao longo da falésia possui uma largura de cerca de 170 metros e uma altura de cerca de 40 metros e acredita-se ser a maior pintura rupestre na China. A pintura está localizada entre 30 metros e 90 metros acima do nível da água do rio. Ela contém cerca de 1.900 imagens contáveis divididas em cerca de 110 grupos. As pinturas têm uma cor vermelha e foram pintadas utilizando uma mistura de ocre vermelho, cola animal e sangue. Elas retratam figuras humanas, bem como animais junto com tambores de bronze, facas, espadas, sinos, e navios. As figuras humanas têm tipicamente entre 60 centímetros e 150 centímetros de altura, no entanto algumas chegam aos 3 metros de altura.

Até hoje, os especialistas ainda não sabem como o povo Luoyue conseguiu pintar nas pedras a uma altura que varia entre os 10 a 130 metros acima da superfície do rio.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Dalian: Uma das cidades anfitriãs da reunião de Davos de Verão

v Paisagem do Mar dos Bambus no sudoeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Tocha
• Entrevista com presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado do Pará (CODEC), Olavo das Neves
• Conheça a culinária saborosa e diversificada do Marrocos
• Trajes do Hong Yao
• Memória original
• Wang Yuan, praticante da proteção ambiental familiar
mais>>
Galeria de fotos

Filhotes gêmeos de panda em Macau celebram 1º aniversário

Novas fotos da atriz chinesa Liu Yifei

Calcio Storico Fiorentino, o futebol medieval de Florença

A estrada para o Monte Qomolangma
mais>>

• Fanzine Nº1, 2017

• Fanzine Nº6, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040