Web  portuguese.cri.cn  
Conservação da saúde mediante o uso de alimentos
  2016-03-14 21:32:01  cri

Como todos sabem, os chineses dão sempre muita atenção à qualidade de alimentos e aos sabores dos pratos. Existe até um dito popular que diz assim, "a comida é como o céu para o povo". Isso significa que o povo chinês considera a alimentação como o assunto mais importante na vida.

O estudo dos chineses acerca das propriedades naturais da comida já faz uma longa história, e começou na dinastia Shang, que reinava a China entre século 17 e 11 a.C. Através dos esforços dos médicos de diversas dinastias e épocas, herdaram e desenvolveram a doutrina da conservação da saúde mediante uma alimentação consciente e equilibrada. De acordo com a medicina tradicional chinesa, após o nascimento, o baço e o estômago constituem a base vital do organismo. Entretanto, precisa começar a cuidar desde bem jovem, ou mais tardar a idade, no qual constitui um princípio básico da lei de conservação da saúde e da longevidade.

Os sabores doces, suaves e leves podem nutrir as cinco vísceras -coração, fígado, baço, pulmões e rins conforme a medicina tradicional chinesa, razão pela qual se aconselha não ingerir muitos alimentos crus, frios, de propriedades secas e quentes, de sabor forte, glutinosos e engordurados, de tal modo que se protegem o baço e o estômago de possíveis danos.

A chave para manter uma boa saúde mediante a ingestão de alimentos, reside na moderação nas comidas. É melhor alimentar-se de uma forma adequada e nunca comer até sentir-se muito cheio. Não é aconselhável misturar diversos tipos de carnes em uma mesma comida, e é necessário manter um bom costume alimentício e obedecer às disciplinas de higiene. É conveniente comer quando sentir fome e parar antes de sentir-se cheio. Assim mesmo, tem que beber com moderação quando sentir sede. Ademais, não convém limitar-se a pouca variedade comida, mesmo tão pouco convém comidas muito variadas.

Priorizar a terapia com alimentos em lugar de medicamentos. A primeira é mais conveniente na cura de doenças e recuperação da saúde em longo prazo, especialmente para os idosos, que em sua maioria sofrem de uma disfunção nas cinco vísceras, de uma perda de energia e sangue, como também de debilidade das funções do baço e do estômago.

Quanto mais cedo se toma café da manhã, é melhor para a saúde. E quanto mais tarde se janta, é pior. Além disso, comer muito no jantar também prejudica a saúde. Sempre se aconselha que a comida seja ingerida bem mastigada e devagar, para evitar comer com voracidade. Tem que aprender a selecionar os pratos e restringir-se nas comidas. Por exemplo, sempre são bons os pratos leves e de sabor suave, evitando a ingestão de alimentos decompostos, podres, engordurados e os pratos salgados e preparados com sabor muito forte.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Dalian: Uma das cidades anfitriãs da reunião de Davos de Verão

v Paisagem do Mar dos Bambus no sudoeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Tocha
• Entrevista com presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado do Pará (CODEC), Olavo das Neves
• Conheça a culinária saborosa e diversificada do Marrocos
• Trajes do Hong Yao
• Memória original
• Wang Yuan, praticante da proteção ambiental familiar
mais>>
Galeria de fotos

Filhotes gêmeos de panda em Macau celebram 1º aniversário

Novas fotos da atriz chinesa Liu Yifei

Calcio Storico Fiorentino, o futebol medieval de Florença

A estrada para o Monte Qomolangma
mais>>

• Fanzine Nº1, 2017

• Fanzine Nº6, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040