China registra número recorde de fusões e aquisições no primeiro semestre
  2015-08-24 09:26:31  cri
A China registrou um número recorde de fusões e aquisições no primeiro semestre deste ano, disse na quinta-feira a auditoria PricewaterhouseCoopers (PwC).

O número de acordos de fusões e aquisições aumentou 10% em relação ao segundo semestre do ano passado ficando em 4.559, um novo recorde, indicou a empresa. O valor das fusões e aquisições aumentou 60%, ficando em US$ 352 bilhões.

As empresas de tecnologia, serviços financeiros e imóveis são os principais alvos das fusões e aquisições, comentou Liu Yanlai, líder de capital privado da PwC China.

A PwC prevê um ano recorde de fusões e aquisições, impulsionadas pelo setor de tecnologia, entre elas estão Alibaba, Tencent e Baidu. As fusões e aquisições poderão desacelerar no segundo semestre devido à volatilidade do mercado de capitais.

A PwC também indicou que as empresas chinesas realizaram fusões e aquisições recorde no exterior entre janeiro e junho, com um aumento de 17% em relação ao segundo semestre de 2014 para 174, enquanto o valor aumentou 24%, chegando a US$ 27,2 bilhões.

As empresas chinesas privadas foram mais ativas na busca de fusões e aquisições no exterior para se expandir e aproveitar a vantagem da experiência em alta tecnologia. As empresas do setor contribuíram com 105 acordos, no valor combinado de US$ 12,3 bilhões.

por Xinhua

Leia mais
Comentário