Web  portuguese.cri.cn  
Empresas estatais da China deverão repassar mais lucros ao governo a partir de 2011
  2010-12-31 14:28:44  cri
O Ministério das Finanças da China pediu quinta-feira em um relatório às empresas de propriedade estatal administradas pelo governo central (SOEs) que repassem ao governo mais 5% de seus lucros após impostos a partir de 2011.

Segundo o documento, publicado no site oficial do ministério, 15 das principais companhias nos setores de recursos e telecomunicações, entre as quais a Companhia Nacional de Petróleo da China (CNPC), a Companhia Petroquímica da China (Sinopec), a Companhia Nacional de Petróleo Submarino da China (CNOOC, na sigla em inglês), a Companhia de Rede Elétrica do Sul da China, China Tobacco, Grupo Shenhua e China Mobile, deverão repassar 15% dos seus lucros após impostos. A cifra anterior era de 10%.

Além disso, 88 empresas, como Companhia de Alumínio da China, Companhia de Mineração de Metais Não Ferrosos da China, Companhia de Navegação Oceânica, Air China, Companhia Aérea do Sul da China e Companhia Mercantil da China, deverão repassar 10% de seus lucros após impostos ao ministério, em comparação com os 5% atuais.

Outras 33 empresas, incluindo Companhia Nacional de Energia Nuclear da China, Grupo de Indústrias do Sul da China e China Film, começarão a repassar 5% de lucros no próximo ano. Até este ano, elas estavam isentas do requerimento.

Duas outras empresas, a Companhia de Reserva de Cereais da China e a Companhia Nacional de Reservas de Algodão da China, podem continuar mantendo o total dos seus lucros para seu próprio desenvolvimento em 2011, de acordo com o órgão.

Cálculos da Comissão de Supervisão e Administração de Ativos Estatais indicam que os lucros das SOEs podem atingir 1 trilhão de yuans (US$ 151 bilhões) em 2010.

(Xinhua)

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040