Espaçonave Shenzhou-8 regressa à Terra
  2011-11-17 23:07:53  cri

Às 19h30 de hoje (17), o módulo de reentrada da espaçonave Shenzhou-8 pousou em um local de aterrissagem no distrito de Siziwang, na Mongólia Interior, concluindo com sucesso a missão de acoplamento.

Após o pouso da espaçonave, funcionários examinaram o ar e os micróbios dentro do aparato e retiraram o aparelho para a criação biológica, projeto de cooperação sino-alemã.

O comandante-geral da projeto chinês espacial tripulado, Chang Wanquan, anunciou o sucesso da missão de acoplamento.

"Segundo informações do Comando, o módulo de reentrada da espaçonave Shenzhou-8 já pousou com segurança. Declaro o sucesso total da missão de acoplamento".

Palmas e lágrimas. Os especialistas comemoraram o momento com abraços emocionados. O sucesso é de toda a equipe, desde a estação de radar no local de aterrisagem, o controle na Terra, até ao departamento de meteorologia. O engenheiro meteorológico, Wang Yongsheng, fez uma análise detalhada do que foi feito para garantir o aterro.

"Segundo os dados recolhidos, entre dia 16 e 18 havia duas frentes frias, e aproveitamos o intervalo entre as duas para a aterrissagem da espaçonave Shengzhou-8".

A espaçonave Shenzhou-8 foi lançada na madrugada do dia 11 deste mês no Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, noroeste da China. Durante sua viagem de 49 dias, a espaçonave Shenzhou-8 realizou dois acoplamentos com o módulo Tiangong-1, respectivamente no dia 3 e 14 de Novembro. A missão bem sucedida faz o país dar mais um passo importante em seu plano de estabelecer uma estação espacial.

Para concretizar a meta da criação de uma estação permanente espacial, a China elabora um plano de três etapas. Sobre isso, o porta-voz do projeto espacial chinês, Wu Ping, afirmou:

"Concluiremos a segunda etapa até 2016, que é ter o nosso próprio laboratório espacial. E começamos a construir a estação espacial depois de 2020. Além disso, também vamos realizar mais dois acoplamentos no ano que vem, incluindo várias tecnologias chaves."

De acordo com o porta-voz, as espaçonaves Shenzhou-9 e Shenzhou-10 vão realizar no próximo ano acoplamentos com Tiangong-1 e pelo menos um deles será tripulado. Se tudo correr bem, uma mulher astronauta poderá viajar a bordo da nave Shenzhou-10.

Tradução  Li Mei

Revisão  Camila Olivo

Leia mais
Comentário