Web  portuguese.cri.cn  
Espaçonave Shenzhou-8 regressa à Terra
  2011-11-17 23:07:53  cri

Às 19h30 de hoje (17), o módulo de reentrada da espaçonave Shenzhou-8 pousou em um local de aterrissagem no distrito de Siziwang, na Mongólia Interior, concluindo com sucesso a missão de acoplamento.

Após o pouso da espaçonave, funcionários examinaram o ar e os micróbios dentro do aparato e retiraram o aparelho para a criação biológica, projeto de cooperação sino-alemã.

O comandante-geral da projeto chinês espacial tripulado, Chang Wanquan, anunciou o sucesso da missão de acoplamento.

"Segundo informações do Comando, o módulo de reentrada da espaçonave Shenzhou-8 já pousou com segurança. Declaro o sucesso total da missão de acoplamento".

Palmas e lágrimas. Os especialistas comemoraram o momento com abraços emocionados. O sucesso é de toda a equipe, desde a estação de radar no local de aterrisagem, o controle na Terra, até ao departamento de meteorologia. O engenheiro meteorológico, Wang Yongsheng, fez uma análise detalhada do que foi feito para garantir o aterro.

"Segundo os dados recolhidos, entre dia 16 e 18 havia duas frentes frias, e aproveitamos o intervalo entre as duas para a aterrissagem da espaçonave Shengzhou-8".

A espaçonave Shenzhou-8 foi lançada na madrugada do dia 11 deste mês no Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, noroeste da China. Durante sua viagem de 49 dias, a espaçonave Shenzhou-8 realizou dois acoplamentos com o módulo Tiangong-1, respectivamente no dia 3 e 14 de Novembro. A missão bem sucedida faz o país dar mais um passo importante em seu plano de estabelecer uma estação espacial.

Para concretizar a meta da criação de uma estação permanente espacial, a China elabora um plano de três etapas. Sobre isso, o porta-voz do projeto espacial chinês, Wu Ping, afirmou:

"Concluiremos a segunda etapa até 2016, que é ter o nosso próprio laboratório espacial. E começamos a construir a estação espacial depois de 2020. Além disso, também vamos realizar mais dois acoplamentos no ano que vem, incluindo várias tecnologias chaves."

De acordo com o porta-voz, as espaçonaves Shenzhou-9 e Shenzhou-10 vão realizar no próximo ano acoplamentos com Tiangong-1 e pelo menos um deles será tripulado. Se tudo correr bem, uma mulher astronauta poderá viajar a bordo da nave Shenzhou-10.

Tradução  Li Mei

Revisão  Camila Olivo

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040