Web  portuguese.cri.cn  
Comunidade internacional reage à renúncia do presidente do Egito
  2011-02-12 15:23:15  cri

O presidente do Egito, Hosni Mubarak, e sua família abandonaram o Cairo e chegaram a Sharm el Sheikh, cidade turística litoral do mar vermelho, na península Sinai. A informação foi dada nesta sexta-feira (11) pela televisão árabe Al Arabiya, com sede em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O vice-presidente do Egito, Omar Suleiman, anunciou em rede nacional de televisão que Mubarak tinha transferido o poder às Forças Armadas.

O Conselho Supremo das Forças Armadas do Egito emitiu nesta sexta-feira à noite o 3º Comunicado, declarando que os militares não iriam substituir o governo legítimo e que garantiriam a transição do poder.

Pelo comunicado, a força militar garantiu que suspenderia o Estado de Emergência depois da estabilização da situação. Também se comprometeram a cumprir as determinações das insituições judiciais sobre resultado da eleição parlamentar. Além disso, vão assegurar a realização de reformas constitucionais e de eleições presidenciais de maneira livre e justa. O porta-voz das forças armadas informou que, em breve, anunciaria medidas para a transição do poder e para concretizar as reformas desejadas pelos egípcios.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Ma Zhaoxu, afirmou que a China acompanha atentamente o desenrolar da situação egípcia. Ele disse que os chineses esperam que esse fato favoreça a recuperação o quanto antes da estabilidade nacional e da normalidade da ordem.

Na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova Iorque, Ban Ki-moon chamou a renúncia de Mubarak de momento histórico. Ele pediu uma transição transparente, organizada e pacífica, com uma eleição livre, justa e confiável para recuperar o poder de cidadania o mais breve possível.

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, o presidente da União Europeia (UE), José Manuel Barroso, e a alta representante da diplomacia europeia, Catherine Ashton, divulgaram uma declaração conjunta aplaudindo a renúncia de Mubarak. Para eles, o reforço dos diálogos pode acelerar a formação de um governo com base ampla.

O presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou que as autoridades militares egípcias devem garantir "uma transição confiável". Obama prometeu que os EUA e Egito vão continuar sendo "amigos e parceiros" e que vão proporcionar toda a ajuda necessária.

O presidente da França, Nicholas Sarkozy, cumprimentou a decisão do presidente egípcio pedindo a realização de eleições democráticas e o estabelecimento da política democrática.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, exigiu que o novo governo do Egito se empenhe na construção de uma sociedade verdadeiramente aberta, livre e democrática.

O Conselho Federal do governo da Suiça pediu ontem (11) que os bancos suiços congelem os bens de Mubarak e de seus familiares por, pelo menos, três anos. Segundo uma declaração publicada pelo governo da Suiça, os bens congelados incluem dinheiro, investimentos, imóveis e propriedade comercial.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
leia mais
v Comunidade internacional aplaude renúncia do presidente do Egito 2011-02-12 10:02:17
v ONU, EUA e UE acompanham evolução do Egito 2011-02-11 17:07:44
v Governo chinês acompanha atentamente a situação no Egito 2011-02-10 19:10:05
v Chanceler egípcio critica proposta norte-americana 2011-02-10 17:10:09
v Presidente egípcio cria comissões para propor reforma constitucional 2011-02-09 16:50:11
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040