China melhora proteção dos direitos de propriedade intelectual
  2017-04-25 21:23:31  cri
A China tomou medidas para proteger melhor os direitos de propriedade intelectual (DPIs) como parte de seu maior esforço para criar uma economia mais inovadora.

  A polícia chinesa resolveu 17 mil casos que envolveram violações aos DPIs no valor de 4,6 bilhões de yuans (US$ 670 milhões) em 2016, disse Shen Changyu, chefe da Administração Nacional de Propriedade Intelectual (ANPI), em uma coletiva de imprensa na terça-feira.

  As autoridades alfandegárias da China confiscaram mais de 17 mil lotes de mercadorias que violaram supostamente os DPIs em 2016, disse Shen. Os tribunais lidaram com 136,5 mil casos de DPIs em 2016, um aumento anual de 24,8%.

  Os reguladores de indústria e comércio intensificaram a supervisão online e a inspeção nos mercados rurais que são propensos às falsificações.

  Os órgãos resolveram quase 50 mil casos de DPIs no valor de cerca de 560 milhões de yuan, e transferiram 293 casos no valor de 160 milhões de yuan para tribunais em 2016, disse Liu Junchen, vice-diretor da Administração Geral da Indústria e do Comércio.

  Os órgãos de supervisão de direitos autorais lidaram com 5.578 casos envolvendo violações aos DPIs da internet e fecharam 3.079 sites desde 2005, disse Yu Cike, diretor do departamento de gestão de direitos autorais sob a Administração Nacional de Direitos Autorais.

Por Xinhua

Leia mais
Comentário