Web  portuguese.cri.cn  
Descoberta na área molecular é destaque nos Progressos da Ciência da China
  2017-02-21 21:27:43  cri

Uma descoberta na área molecular foi selecionada entre os Dez Progressos da Ciência Chinesa de 2016 (Dez Progressos), divulgada nesta segunda-feira (20), em Beijing. Com o desenvolvimento da ciência da vida, cientistas descobriram que a formação e a transferência das informações completas de uma parte dos genes dos eucariotos não podem funcionar sem ajuda do splicing. Para conhecer melhor o splicing, o maior desafio é se aprofundar no mecanismo molecular do circuito de biologia estrutural.

Em 2016, o Laboratório de Shi Yigong da Faculdade de Ciências da Vida da Universidade de Tsinghua, em Beijing, obteve um grande resultado inovador nesta área, que analisou as estruturas perto da resolução atômica das pliceosomas em três estados críticos de trabalho. O pesquisador do Instituto de Biofísica da Academia Chinesa de Ciência, Xu Ruiming, informou que o descobrimento tem significado de marco miliário e grande valor de utilização para a ciência da vida.

"Isto é um trabalho básico muito importante na ciência da vida eucariótica e pode aprofundar o nosso conhecimento sobre a vida molecular. O splicing não é somente um processamento fiel, mas também possui aleatoriedade, e pode facilitar a prevenção de algumas doenças."

Além dessa descoberta, os Dez Progressos selecionaram trabalhos em diferentes domínios, como materiais, informação, medicina e agricultura. Muitos deles estão relacionados às necessidades de desenvolvimentos da China. Por exemplo, o Grupo de Pesquisa de Xie Yi e Sun Yongfu, da Universidade de Ciência e Tecnologia da China, inventou um novo catalisador para transformar o dióxido de carbono em combustível líquido, de uma maneira limpa e eficiente. O professor da Universidade de Tsinghua, Li Yadong, disse que a inovação vai ajudar a resolver o enigma da transformação eficiente do dióxido de carbono em recursos.

"A molécula do dióxido de carbono é muito estável, e é preciso de muita energia para obter sua conversão artificial. Nesta área, todos os especialistas querem saber como transformar dióxido de carbono em recurso e ao mesmo tempo poupar energias e reduzir emissões. O êxito de Xie Yi e Sun Yongfu é um grande avanço e nos dá esperança."

O Ministério da Tecnologia da China afirmou que os dez progressos revelam que a China está liderando as pesquisas científicas básicas no mundo, e tem conseguido alcançar novos êxitos. Por exemplo, o Grupo de Pesquisa de Qiu Zilong, do Instituto de Ciência Espiritual de Shanghai, cooperou com o Grupo de Sun Qiang para uma Plataforma de Primatas Não-humanos e construiu o primeiro modelo não-humano de autismo no mundo. A professora da Universidade de Beijing, Wang Yun, afirmou que a inovação vai contribuir para o estudo mais profundo da patologia e a procura das intervenções terapêuticas para o autismo.

"A patologia do autismo ainda não foi esclarecida, mas sabemos que os fatores genéticos provavelmente têm relações com a doença. O autismo é uma atividade muito complexa do sistema nervoso, mas antigamente só tínhamos os modelos de camundongos, e precisávamos de um animal mais próximo dos seres humanos. Por isso, fazer um modelo de um animal mais avançado é muito importante."

A seleção dos Dez Progressos da Ciência Chinesa é organizada pelo Ministério da Tecnologia da China anualmente. Este ano marca a 12ª edição. O vice-presidente da Universidade de Academia Chinesa de Ciência, Zhou Qi, enfatizou que a seleção apresentou coletivamente os êxitos do desenvolvimento da tecnologia chinesa.

"O desenvolvimento das pesquisas científicas básicas da China está cada vez mais rápido. As pesquisas científicas básicas são a base do desenvolvimento de um estado. Agora, a entrada nesta seleção se torna cada vez mais difícil. Isso é bom para a China."

Tradução: Nina Niu; Revisão: Rafael Fontana

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Artista recria obras de arte e fotos de famosas com cachorro quente

v Um bar inspirado em "Game of Thrones" é inaugurado em Washington
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
• Sala de visitas: Sergio Moreira Lima fala sobre a importância histórica da diplomacia brasileira na América do Sul e no mundo (Parte II)
• Entrevista com secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura brasileiro
• Conheça os tipos e benefícios de oleaginosas
• Fórum Internacional do Ensino de Português reúne especialistas em Beijing
• Sala de visitas: As relações Brasil-China e o BRICS sob a análise do presidente da Fundação Alexandre Gusmão, Sergio Eduardo Moreira Lima (Parte I)
mais>>
Galeria de fotos

Vista panorâmica de terras agrícolas e aldeias em Guizhou

Navios da Marinha chinesa em alto mar

A pintura de fios dourados com esmalte cerâmico é um artesanato tradicional chinesa

Festival da Lagosta em Los Angeles
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040