Cerca de 3,8 mil pessoas são presas por violação de direitos de propriedade intelectual em 2016 na China
  2017-01-24 18:24:20  cri
Cerca de 3,8 mil pessoas foram presas na China por crimes relacionados às violações dos direitos de propriedade intelectual no ano passado, anunciou nesta terça-feira a Suprema Procuradoria Popular (SPP).

  Mais de 7 mil pessoas foram processadas por essas violações em 2016, disse a SPP.

  De acordo com as estatísticas oficiais, mais de 3,5 mil pessoas foram detidas por crimes como infração de marca, respondendo por mais de 92% de todos os infratores dos direitos de propriedade intelectual em 2016.

  Outros crimes incluíram infrações de direitos autorais e segredos comerciais.

  As autoridades de procuradoria em todo o país se reforçaram para proteger os direitos de propriedade intelectual através de intensificar a supervisão sobre os órgãos administrativos e de segurança pública ao transferir e registrar os casos de violação dos direitos de propriedade intelectual, acrescentou.

(Xinhua)

Leia mais
Comentário