Bordadeira da etnia Miao leva os aldeões a "bordar" uma vida feliz

Published: 2021-05-14 16:11:40
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Wei Zuying, uma bordadeira da etnia Miao da província de Guizhou, aprendeu a bordar com sua mãe, quando ainda era criança, e ficou famosa em seu vilarejo aos 16 anos por sua habilidade no trabalho.

Em agosto de 2011, Wei abriu uma empresa de bordados que produz principalmente trajes étnicos e outros produtos, oferecendo 240 postos de trabalho aos moradores locais. Nesses anos, ela continuou a estudar e melhorar suas habilidades de bordar, além de inovar de forma ousada e trabalhar com crescente eficiência, guardando tesouros culturais tradicionais e abrindo um caminho à prosperidade junto com os aldeões locais.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Artesanatos decorados com fios de ouro de 0,2mm
Artesão de Hainan produz instrumento musical com cocos
Artista polonês constrói uma casa em formato de chaleira
Escola primária em Changxing comemora o Dia Mundial da Terra
Vamos proteger a Terra com ações práticas
Terras abandonadas são transformadas em parque de chá em Yingshan na província de Sichuan

Notícias

Rússia diz que continua atacando armamento oferecido pelos EUA e Europa à Ucrânia
O “petróleo democrático” com preço subindo
Cidades e vilas chinesas geram 2,85 milhões de empregos no primeiro trimestre de 2022
EUA não querem paz na Ucrânia
Equipe médica chinesa oferece consultas médicas gratuitas em São Tomé e Príncipe
Comentário: Destino de Assange revela a realidade da “liberdade do estilo norte-americano”