Ex-embaixador italiano na China critica visita de Nancy Pelosi a Taiwan
Fonte: CRI Published: 2022-08-06 19:05:20

Apesar da forte oposição pelo lado chinês, a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, fez uma visita à região Taiwan da China em 2 de agosto, suscitando forte condenação do governo chinês e críticas da comunidade internacional. 

O ex-embaixador da Itália na China Alberto Bradanini afirmou nessa sexta-feira (5), durante entrevista ao Grupo de Mídia da China (CMG, sigla em inglês), que a visita de Pelosi à ilha foi uma provocação intencional dos EUA, com o objetivo de minar a estabilidade e desenvolvimento da China. 

A visita da presidente da Câmara dos Representantes, como uma importante personagem política dos EUA, violou gravemente o princípio de “uma só China” e infringiu severamente a soberania e integridade territorial da China, gerando influências negativas às relações sino-norte-americanos e à situação global. 

Segundo Bradanini, por meio da visita de Pelosi, os Estados Unidos querem envolver a China numa tensão, a fim de impedir o desenvolvimento chinês e fazer valer seus privilégios e interesses em um mundo unipolar dominado por eles. 

Bradanini salientou que os EUA estão alimentando conflitos em todo o mundo para manter sua posição dominante. O ex-embaixador acrescentou que o governo norte-americano deve abandonar o hegemonismo e trabalhar junto com outros países para salvaguardar a paz e prosperidade comum da humanidade.

tradução: Shi Liang

revisão: Patrícia Comunello