Visita de Pelosi quebra ainda mais a credibilidade dos EUA
Fonte: CRI Published: 2022-08-03 16:32:38

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, fez nesta terça-feira (2) uma visita a Taiwan, desconsiderando a forte oposição e as solenes representações por parte da China. Tal ato viola seriamente o princípio de Uma Só China e o espírito dos três comunicados conjuntos China-EUA, constituindo uma séria provocação política à China.

O princípio de uma só China é um consenso geral da comunidade internacional. Nos últimos anos, o governo dos EUA sustentou verbalmente a política de uma só China, mas na prática vem tomando medidas para esvaziá-la, como intensificar as vendas de armas para Taiwan, enviar políticos e oficiais de nível baixo para visitar a região, além de incitar e incentivar a "independência de Taiwan".

O ex-secretário de Estado dos EUA, Henry Kissinger, deixou claro que “o acordo alcançado quando a China e os EUA estabeleceram relações diplomáticas, no meu entendimento, foi que os EUA adeririam ao princípio de Uma Só China”. Para o ex-político estadunidense, a defesa deste princípio é fundamental. Os EUA não devem recorrer a meios enganosos ou abordagens incrementais para promover o programa de “duas Chinas".

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, afirmou que a traição dos EUA na questão de Taiwan só vai levar à falência de sua credibilidade.

Tradução: Zhu Jing

Revisão: Diego Goulart