Cadeia de criação auxilia cinco aldeias de Guizhou a sair da pobreza

Fonte: CRI Published: 2019-05-24 10:28:35
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Long Minggao é o presidente da Cooperativa de Plantação e Criação Ecológica Kangniu na nova área de Guian, província de Guizhou, sudoeste da China. Aproveitando o apoio do governo local, desde o ano de 2018, ele começou a desenvolver a cadeia industrial que inicia com a erva e o milho, e depois passa para vaca, minhoca e fertilizante.

Seu programa ajudou os residentes de cinco aldeias pobres nos arredores a aumentarem sua renda por meio de serviços laborais, desenvolvimento industrial e distribuição de dividendos. Em 2018, todas as famílias pobres nas cinco aldeias receberam um dividendo de 300 yuans e saíram da pobreza.

Wang Shufen faz as embalagens das minhocas na cooperativa e cultiva a terra. Somando o salário do marido, que trabalha em obras de construção, e a ajuda do governo, sua família conseguiu sair da pobreza no ano passado e melhorar a vida.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China revela protótipo de trem de levitação magnética que fará 600 km/h
Beijing emite alerta amarelo para onda de calor
Balé Nacional da China faz apresentação em Brasília
Paisagem da Montanha Taishan na província Shandong
Chelsea Flower Show de Londres
Dia do Turismo da China marcado em todo o país

Notícias

Taxação punitiva dos EUA não forçará saída de empresas estrangeiras da China
Empresa chinesa busca expansão na indústria de creme dental
Moody's mantém ratings de crédito de Macau em Aa3
Brasileira Natura compra Avon e cria o quarto maior grupo mundial de cosméticos
China revela protótipo de trem de levitação magnética que fará 600 km/h
Economista: governo de Trump é maior ameaça para direito internacional