Missão "Cura com Amor" ajuda no tratamento médico de crianças doentes

cri Published: 2017-08-10 21:11:58
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A missão médica de caridade "Cura com Amor", promovida pelo governo provincial chinês de Jiangsu e pelo Hospital Provincial de Jiangsu (JSPH, sigla em inglês), em cooperação com a fundação Children of China Pediatrics Foundation dos EUA (CCPF, sigla em inglês), visava oferecer oportunidade de cirurgia gratuita para os órfãos com doenças congênitas. Com o aprofundamento da cooperação, o atendimento foi ampliado às crianças que vêm de famílias pobres. Desde abril de 2015, quando foi iniciada essa missão, os especialistas em cirurgia pediátrica chineses e norte-americanos concluíram três edições da missão, oferecendo tratamentos médicos a mais de 100 crianças doentes.

Le Le, bebê de apenas 18 meses, vem de uma família rural em Suqian, província de Jiangsu, leste da China, sofre de lábio leporino ou fissura labiopalatal. Sem o devido tratamento médico, a doença pode afetar a função de vários órgãos da bebê. Porém, a grande despesa médica é uma grande carga para uma família rural comum. Com a ajuda da missão "Cura com Amor", Le Le fez cirurgias no Hospital Provincial de Jiangsu em abril deste ano. O médico responsável pelo caso, Bu Shoushan, explicou:

"Para o caso de Le Le, são necessárias pelo menos quatro cirurgias. Além disso, ainda precisa de especialistas em ortodontia e fonoaudiologia no processo de recuperação. Então, o tratamento desta doença é um processo sucessivo, e também é uma grande carga econômica para a família."

A missão "Cura com Amor" oferece mais uma possibilidade de vida para as crianças com doenças congênitas que vêm das famílias pobres. Desde 2015, em abril de cada ano, mais de 20 médicos norte-americanos vêm voluntariamente à província de Jiangsu para colaborar com as cirurgias durante uma semana. Além de oferecer cirurgias, a missão ainda presta muita atenção ao processo de recuperação das crianças doentes. O médico chinês que participou das três edições da missão, Yin Guoyong, disse:

"Uma importante vantagem da missão é que tem um grupo exclusivo para acompanhar a recuperação das crianças doentes, que visita as crianças e se comunica com seus familiares, para verificar eventuais problemas. E depois, os médicos chineses e norte-americanos vão discutir a solução."

Além da participação dos médicos, a missão ainda conta com a contribuição de voluntários. No início deste ano, foi formado um time voluntário com mais de 100 membros, que conta principalmente com pessoas providas de experiência médica. Esses voluntários desempenham um importante papel no processo de recuperação das crianças doentes.

No futuro, a missão "Cura com Amor" espera oferecer serviços com mais precisão, focando mais nas regiões pobres. Além disso, a missão quer ampliar a influência da marca para que as pessoas prestem mais atenção a órfãos, crianças com deficiências, crianças de família pobre, e também à caridade.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ferrovia de alta velocidade chinesa atrai visitantes na Exposição China-Países Árabes
Water Show, em Puyang, na província de Henan
Vista aérea de Litong, vila antiga de Suzhou
Voluntários trabalham na 9ª Cúpula do BRICS em Xiamen
Noite de gala na Cúpula dos BRICS 2017
18ª Bienal Internacional do Livro do Rio

Notícias

Aldeia de Yantian está esperando seu “desabrochamento”
Turismo vermelho de Jinggangshan beneficia as pessoas locais
Especialistas avaliam êxitos da Cúpula do BRICS de Xiamen
Presidente chinês envia carta de congratulação para inauguração da Feira China-Países Árabes
Presidente de Comitê Olímpico é suspeito de corrupção na candidatura do Rio
Cúpula do BRICS é encerrada com promessa de aprofundamento de parceria