Secretário-geral da ONU pede contenção a todas as partes da questão do Afeganistão

Published: 2021-08-16 10:53:11
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, deixou neste sábado (15) o país e o Talibã ordenou que seus soldados entrassem na capital Cabul. Em relação à atual situação do país, diversas partes se manifestaram.

Segundo um comunicado divulgado pela ONU, o secretário-geral da organização, António Guterres, está acompanhando a evolução da situação no Afeganistão e insta talibãs e todas as outras partes afegãs à maior contenção. Ele ainda pediu esforços para proteger vidas e atender as necessidades humanitárias.

O Conselho de Segurança da ONU vai reunir-se nesta segunda-feira para debater a situação afegã, e António Guterres apresentará um relatório na ocasião.

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, afirmou em uma rede social que sua organização está ajudando a manter aberto o aeroporto de Cabul, a fim de auxiliar e coordenar as tarefas de retirada.

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, afirmou que a segurança dos cidadãos da União Europeia, dos oficiais e de suas familiares é a prioridade e que algumas lições precisarão ser extraídas.

Ainda no sábado, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse em uma rede social que “o mundo está surpreendido vendo resultados de mais uma experiência histórica dos Estados Unidos”.

tradução: Shi Liang

revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Parque cultural criativo em Hefei
Exposição temática de "Tintin e Hergé" realizada em Shanghai
Paisagem da Grande Muralha em Jinshanling
Entusiastas de Yoga praticaram sobre um corredor de vidro na montanha Bailiang
Campo de crisântemos em Minle
Aeroporto Internacional de Jiaozhou em Qingdao

Notícias

De mãos dadas
CIIE terá sua primeira zona de inteligência artificial
Foram feitas tentativas de anestesiar os elefantes durante sua viagem em Yunnan?
Mais 39.982 novos casos de Covid-19 são confirmados e o número total chega a 20,28 milhões
Visão: As mentiras infames sobre a origem do Covid-19 e o contributo da China para a descoberta da verdade científica
Personalidades internacionais criticam EUA por tentarem usar Covid-19 para suprimir a China