Politização do rastreamento do vírus pelos EUA causou insatisfação e oposição da comunidade internacional

Published: 2021-07-16 14:07:00
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

No dia 15, 48 países enviaram cartas em relação ao rastreamento da origem do Covid-19 para o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, apoiando a realização de um rastreamento do vírus em todo o mundo, e se opondo à politização da questão.

Os 48 países enfatizaram que o objetivo do rastreio é encontrar a fonte animal do vírus e a maneira de transmissão para os seres humanos. Esta é uma tarefa científica, e exige que cientistas realizem pesquisas em esfera global. O relatório divulgado pelo OMS, com a pesquisa conjunta com a China, deve se tornar a base e orientação para impulsionar o trabalho de rastreamento global.

Os Estados Unidos são os primeiros a politizar a questão do rastreamento. O país ignorou a conclusão da OMS e espalhou informações falsas sobre um "vazamento de laboratório". Esta série de manipulação política destruiu cooperações internacionais antiepidêmicas e interferiu na pesquisa de rastreamento dos cientistas, causando insatisfação e oposição geral da comunidade internacional.

Tradução: Cecília Ma

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Shanghai realiza 17ª Expo Internacional de Quadrinhos e Jogos da China
Exposição do coletivo japonês TeamLab em Tóquio
Cantinas oferecem almoço gratuitos a idosos
Vista de campo de arroz em Jiangxi
Paisagem noturna de cidade de Ya'an
Pessoas experimentam a escavação de “tesouros antigos” em um centro comercial

Notícias

Visão: o maior feito da história humana
Associações sociais da China desvendam hipocrisia dos ocidentais sobre direitos humanos
EUA: manipulador de opinião pública e instigador de ódio
Comentário: o “primeiro lugar” sem limite
Mais de 90 países prometem apoio à posição chinesa em Conselho de Direitos Humanos da ONU
Visão: Qual o papel do “ranking da Bloomberg” na pandemia?