Justiça proíbe retomada de aulas presenciais na cidade do Rio de Janeiro

Fonte: CRI Published: 2021-04-06 16:43:01
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Tribunal de Justiça do município do Rio de Janeiro proibiu, em um decreto publicado na noite de domingo (4), a retomada de aulas presenciais na cidade a partir da terça-feira (6). A violação de escolas pode resultar em uma multa de 50 mil reais.

O governo municipal do Rio anunciou na sexta-feira (2) o prolongamento das atuais restrições por mais uma semana, isto é, até 9 de abril, para impedir a propagação de Covid-19, e ao mesmo tempo, permitiu a retomada de aulas presenciais a partir do dia 6. A decisão do governo municipal se tornou motivo de oposição por alguns grupos de educação e pais de estudantes.

Até a noite do domingo (4), o município do Rio de Janeiro reportou aproximadamente 230 mil casos confirmados de Covid-19 e mais de 20 mil mortes. Em média, 167 pessoas estão aguardando por um leito nas unidades de tratamento intensivo (UTIs). A situação no estado do Rio de Janeiro é mais dura, com 660 mil pessoas infectadas e 682 aguardando por um leito na UTI.

Tradução: Joaquina Hou

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Chocolates em forma de coelho produzidos em uma fábricada Alemanha
Competição de esportes dentro da piscina organizada no Parque Oceânico de Haichang
Festival Internacional de Arte de Luz de Beijing realizado no Parque Yuyuantan
"Chinese Sky Eye" é disponibilizado a cientistas globais
Fotos aéreas mostram um campo de flores de colza na cidade de Zunyi
Museu de Xinjiang restaurou mais de 100 valiosos objetos antigos

Notícias

Ex-presidente Lula toma 2ª dose da vacina chinesa contra Covid-19
Secretário-geral da SCO e embaixadores estrangeiros na China visitam Xinjiang
Grandes bancos da China registram crescimento de lucro líquido em 2020 apesar da COVID-19
China explora moeda digital para transações transfronteiriças
Casos confirmados de Covid-19 no Brasil somam 12,84 milhões
Huawei registra crescimento em 2020