Alta-comissária da ONU para Direitos Humanos critica racismo nos EUA e na Europa

Fonte: CRI Published: 2021-03-20 19:52:55
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, e os representantes de vários Estados criticaram os países ocidentais pelo racismo e discriminação racial no 46º período ordinário de sessões do Conselho de Direitos Humanos realizada nesta sexta-feira (19) em Genebra, na Suíça.

No debate, Michelle Bachelet apresentou o relatório sobre a resolução da comissão em respeito ao caso da morte de George Floyd e da violência policial nos Estados Unidos, apontando que o julgamento teve início somente dez meses após a morte do homem negro. No entanto, o pior é que muitos casos de mortes de negros norte-americanos até agora não foram investigados e ouvidos no tribunal. As famílias das vítimas se sentem completamente incapazes perante a ignorância do governo no tratamento da questão de racismo existente no sistema judiciário.

Até hoje, incidentes de discriminação racial por parte de policiais continuam acontecendo contra afro-americanos, disse a alta-comissária. Ela salientou que o cerne do problema consiste no racismo sistêmico de toda a sociedade, apelando para que resolvam tais questões de desigualdade por meios sistemáticos e eliminem as discriminações nas áreas de moradia, educação, emprego e atendimento médico. “As raízes do racismo e da desigualdade, como a escravidão, o comércio transatlântico de escravos e os resquícios do colonialismo, devem ser dissolvidas completamente,” acentuou Bachelet.

Outros representantes de países como Camarões, Paquistão, Irã e Egito também manifestaram oposição ao racismo e à xenofobia, observando que a discriminação racial e a desigualdade se agravaram com a pandemia do novo coronavírus, especialmente aos afrodescendentes e muçulmanos na Finlândia, Reino Unido, Alemanha e Bélgica.

Tradução: Isabel Shi

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Exercício de resgate médico por helicóptero realizado em Beijing
Um das melhores coisas para fazer na primavera é tomar banho de sol
Turistas visitam um jardim de chá na aldeia de Yongfu,província de Fujian
Turistas alimentam gaivotas no lago Dianchi em Kunming
Primeiro parque temático "Super Mario" aberto ao público na cidade de Osaka
Um labirinto de flores de colza em Chengdu atraiu vários visitantes

Notícias

Portugal planeja investir 12,1 bilhões de euros na reforma do sistema de saúde
Alta-comissária da ONU para Direitos Humanos critica racismo nos EUA e na Europa
Foto no Memorial Lincoln desmascara “igualdade americana”
Depois das entradas, temos ainda o jantar, diz porta-voz chinês ao comentar o ambiente tenso do diálogo China-EUA
Número de registros de direitos autorais de software na China aumentou 200 mil por ano em quatro anos consecutivos
Putin sugere diálogo online com Biden