Morte repentina de Maradona emociona mundo afora

Published: 2020-11-26 10:33:18
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A mídia argentina informa que o lendário astro do futebol, Diego Armando Maradona, morreu na manhã de ontem (25) de parada cardiorrespiratória em casa, aos 60 anos.

A equipe do jogador revelou que, depois de passar por uma cirurgia no cérebro no dia 3 deste mês, ele foi transferido para casa no dia 11.

No dia 30 de outubro, o seu 60º aniversário, foi ao clube de ginástica, futebol e esgrima do qual ele é treinador para participar do jogo. Devido ao seu mau estado físico, saiu depois de ficar no campo por apenas alguns minutos.

O Palácio Presidencial argentino divulgou no mesmo dia um luto nacional de três dias.

O Rei do Futebol brasileiro, Edson Arantes do Nascimento, expressou imediatamente suas condolências. “Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu“, disse em sua conta pessoal em uma rede social.

O astro argentino Lionel Messi sempre foi considerado o sucessor de Maradona na seleção nacional. Ele também lamentou a morte de seu predecessor. " Um dia muito triste para todos os argentinos e para o futebol. Deixa-nos mas não se vai, porque o Diego é eterno. Fico com os momentos lindos vividos com ele", escreveu ele em uma rede social.

O astro português, Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, compara Maradona a um mágico do futebol. “Hoje despeço-me de um amigo e o Mundo despede-se de um gênio eterno. Um dos melhores de todos os tempos. Um mágico inigualável. Parte demasiado cedo, mas deixa um legado sem limites e um vazio que jamais será preenchido. Descansa em paz, craque. Nunca serás esquecido”, escreveu o futebolista internacional português.

O presidente da União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), Aleksander Čeferin, também ficou muito triste com a saída de Maradona, chamando-o de uma das "maiores e mais icônicas" figuras do futebol mundial e propôs um minuto de silêncio para Maradona nos jogos da UEFA esta semana.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, prestou homenagem a Maradona em sua conta em uma rede social. “Nos fizeste imensamente felizes. Foi o maior de todos. Obrigado por ter existido, Diego. Vamos sentir sua falta por toda a vida”, escreveu ele.

Tradução: André Hu

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Um estacionamento de 15 andares em espiral em Chongqing
Paisagem outonal de uma floresta de sequoias em Ningguo, província de Anhui
Aves migratórias chegam em Yunnan para passar o inverno
Curso gratuito é oferecido para mulheres em cidade de Chishui
Professores e alunos pintam a natureza na vila antiga de Dajue
Alunos praticam artes marciais na escola primária de Henan

Notícias

Morte repentina de Maradona emociona mundo afora
​Comentário: Acordo de Investimento China-UE está no momento oportuno
China e Rússia realizam videoconferência para avançar cooperação energética
Imprensa estrangeira presta grande atenção à sonda Chang’e-5
Abertura e cooperação apontam caminho para prosperidade e progresso
Especialistas afirmam que Brasil está sofrendo 2ª onda da pandemia