Embaixada e Consulados Gerais da China no Brasil realizam concerto online

Fonte: CRI Published: 2020-09-27 21:30:39
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O dia 1° de outubro marca o 71° aniversário da fundação da República Popular da China. Pela ocasião, a Embaixada da China no Brasil e os Consulados Gerais em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife realizaram conjuntamente um concerto online no dia 26 para celebrar a amizade entre os dois povos.

Na ocasião, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, salientou que diante da epidemia de Covid-19, a China e o Brasil ajudaram-se mutuamente e aprofundam constantemente a solidariedade e cooperação. Desde o início deste ano, os chefes de Estado dos dois países têm mantido uma comunicação estreita na prevenção e controle da epidemia e alcançaram muitos consensos a respeito. O governo e sociedade chinesa forneceram muita assistência ao Brasil com doação de suprimentos médicos, troca de experiências e desenvolvimento de vacinas. A China está disposta a fortalecer a colaboração com o Brasil em diversas áreas, de forma a beneficiar o povo e consolidar a amizade.

Durante a transmissão ao vivo do evento, mais de 300 mil mensagens foram deixadas por internautas dos dois países, torcendo pela amizade entre a China e o Brasil.

Tradução: Zhao Yan

Edição: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Agricultores estão ocupados com a colheita na Mongólia Interior
Pessoas fazem bolos lunares para comemorar o Festival da Lua
Vista aérea de Keketuohai em Xinjiang
A atmosfera festiva mostra nas ruas de Hong Kong
Concluida a instalação de uma grande cesta de flores na praça Tiananmen
Paisagem noturna da Residência imperial de veraneio de Chengde

Notícias

Restos de 117 soldados chineses mortos na Guerra da Coreia voltam à China
China lança dois satélites de monitoramento ambiental
Feira Internacional do Livro de Beijing é realizada online
3500 empresas estadunidenses processam governo de Trump pelo aumento tarifário sobre produtos da China
Caça ao TikTok reflete a lógica de apropriação dos EUA
Médicos universitários tornam-se os novos "protetores da saúde" dos camponeses