Comentário: “Propostas chinesas” emitem forte voz de apoio a multilateralismo

Published: 2020-07-29 21:42:08
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

"O Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (BAII) deve se tornar uma nova plataforma para promover o desenvolvimento comum de seus membros e construir uma comunidade com futuro compartilhado para a humanidade". No dia 28, o presidente chinês, Xi Jinping, fez essa conclusão na cerimônia de abertura da videoconferência da reunião anual do 5º Conselho do BAII.

O líder chinês enfatizou tornar o BAII em um novo tipo de banco multilateral de desenvolvimento que promova o desenvolvimento comum global, um novo tipo de plataforma de prática de desenvolvimento que acompanhe os tempos, um novo tipo de organização de cooperação internacional de alto padrão e um novo modelo de cooperação multilateral internacional.

No contexto da epidemia do COVID-19 e da situação econômica internacional complicada e grave, as “propostas chinesas” emitiram uma forte voz de firme apoio ao multilateralismo, o que reflete a coragem e a responsabilidade da China como um país grande.

Como uma instituição financeira multilateral emergente, o BAII existe há mais de quatro anos e desde a sua criação insistiu em discutir os assuntos e compartilhar os resultados de desenvolvimento com todos, o que interpreta, vividamente, o multilateralismo e promove continuamente a governança econômica global.

Nos últimos quatro anos, o BAII cresceu de 57 membros fundadores para 102 membros de seis continentes e forneceu quase US$20 bilhões de investimentos em infraestrutura. O projeto de atualização e renovação do sistema de distribuição energética de Bangladesh beneficiou aproximadamente 12,5 milhões de habitantes rurais em todo o país. O projeto nacional de atualização de favelas da Indonésia em cooperação com o Banco Mundial beneficiou diretamente 9,7 milhões de residentes.

Após o surto da pandemia do novo coronavírus, o BAII estabeleceu rapidamente um fundo especial com capitais iniciais somando US$10 bilhões, com o objetivo de fornecer aos membros apoio orçamentário e de liquidez. As verbas foram posteriormente aumentadas para US$13 bilhões.

Atualmente, os riscos epidêmicos globais e geopolíticos estão aumentando. Sendo um importante membro do sistema internacional de desenvolvimento multilateral, como o BAII pode desempenhar um papel melhor na resolução de riscos e desafios globais e na promoção do crescimento econômico?

O presidente Xi Jinping apresentou quatro proposições, que refletem o julgamento preciso da situação econômico-financeira mundial e são altamente realistas. Entre essas sugestões, "desenvolvimento comum", "avançar com os tempos", "altos padrões" e "abertura e abrangência" são as palavras-chave. Isso não apenas segue a intenção e a missão originais do BAII, mas também estende sua conotação de acordo com a nova situação.

Sendo um importante acionista do BAII, país anfitrião e sede do banco, a China continuará trabalhando em conjunto com todos os membros para tornar o BAII uma plataforma importante para praticar o multilateralismo, elevar ainda mais o nível da interconectividade de infraestrutura na Ásia e no mundo e continuar a injetar novo impulso na construção de uma comunidade com futuro compartilhado para a humanidade.

Tradução: Paula Chen

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Filhotes de tigre siberiano brincam no parque em Hailin, Heilongjiang
Festival Internacional de Balonismo abre em Gansu
Weining desenvolve indústria de cultivo de hortaliças para aumentar as oportunidades de emprego
Crianças participam de diversas atividades durante férias de verão
Sichuan realiza projetos para alcançar desenvolvimento rural integral
Melhora o ambiente ecológico do lago Chagan

Notícias

Cooperação China-UE trará mais certeza para o mundo
Opinião: BAII pode ser uma nova oportunidade para Europa
“A China é minha casa, vou combater o coronavírus junto com as crianças”
Grupo coral de camponeses de Ningxia
China luta contra Covid-19, colocando o povo em primeiro lugar
Embaixador estadunidense compartilha artigo que difama a China e recebe críticas