Comentário: Tratar China como bode expiatório não ajuda a combater a epidemia

Published: 2020-03-23 17:45:24
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Recentemente, o renomado especialista italiano em medicina, Giuseppe Remuzzi, disse que a Itália podia ter sido atingida por uma pneumonia muito parecida com a pneumonia causada pelo novo coronavírus em novembro passado. Anteriormente, o diretor do CDC, Robert Redfield, reconheceu que alguns cidadãos estadunidenses podiam ter morrido devido ao novo coronavírus no ano passado.

O acadêmico chinês Zhong Nanshan assinalou que o vírus pode não ter origem em Wuhan. Infelizmente, alguns políticos e profissionais da mídia norte-americanos usaram repetidamente "vírus chinês" em ocasiões públicas e rede social. A ex-secretária de Estado Hillary Clinton disse que o atual presidente do país está se voltando para comentários racistas para desviar a atenção da população.

A repórter do Sky News, um jornal britânico, Amanda Walker, disse que Donald Trump aumentou a frequência na menção de "vírus chinês", o que é uma maneira de evitar acusações. A CNN comenta que, para os políticos norte-americanos, usar a China como bode expiatório é provavelmente a maneira mais simples e eficaz de convencer o povo do país. O New York Times observa que Trump está ignorando o aumento de críticas contra suas palavras racistas e anti-China.

Na presença do vírus, qualquer auto-engano e imputação agravarão a propagação da epidemia. A discriminação racial é um vírus ideológico e o inimigo público de toda a humanidade. Culpar os outros e furtar-se das responsabilidades não ajudam a combater a epidemia ou fortalecer um país.

Tradução: André Hu

Revisão: Diego Goulart


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Os restaurantes de hotpot em Chengdu retomam os negócios com medidas de prevenção
Flores de cerejeira desabrocham em Beijing
Os alunos de Qinghai iniciaram novo semestre com medidas de prevenção mais rigorosas contra o novo coronavírus
Agricultores colhendo folhas de chá em uma plantação
Torre Pérola Oriental de Shanghai reabre ao público
Pacientes receberam alta hospitalar e terminaram a quarentena de 14 dias para observação médica em Wuhan

Notícias

Comentário: Tratar China como bode expiatório não ajuda a combater a epidemia
Recrutamento no Aplicativo Yangshipin oferece 210 mil vagas de emprego
​China opõe-se firmemente à estigmatização no combate à epidemia
​Senadores norte-americanos obtiveram lucros acionários com informação privilegiada antes do começo da pandemia
Senado e Câmara dos Deputados do Brasil pedem desculpas à China por declaração de Eduardo Bolsonaro
É o vírus que é o inimigo, não são as pessoas afetadas