​Comentário: Perante epidemia, lógica de “capital primeiro” dos políticos estadunidenses é fria e cruel

Published: 2020-03-21 20:25:19
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Recentemente, a imprensa e o povo dos EUA estão indignados por um escândalo. Quatro senadores venderam uma grande quantidade de ações e obtiveram grandes lucros devido a informações privilegiadas durante o controle e a prevenção da epidemia. O escândalo refletiu a desordem do combate à epidemia nos EUA. Para alguns políticos estadunidenses, o capital sempre é prioridade, sendo até mais importante do que a vida. Perante uma pandemia tão severa, essa lógica fria e cruel representa a falta de responsabilidade do seu governo pela saúde do povo norte-americano.

Já no dia 20 de janeiro, foi registrado o primeiro caso de infecção do novo coronavírus nos EUA, entretanto, o governo federal declarou Estado de Emergência somente no dia 13 de fevereiro, desperdiçando quase dois meses.

A agência de Inteligência dos EUA alertou em janeiro e fevereiro que a epidemia poderia causar uma crise global, mas alguns políticos não fizeram nada a respeito, pois para eles, a economia é o fator mais importante para o governo norte-americano e para a sua reeleição.

Além disso, sobre a lenta velocidade de teste viral do novo coronavírus, a lógica de “capital primeiro” também foi bem refletida. Segundo o New York Times, políticos, celebridades e estrelas esportivas têm mais privilégio de realizar esse teste. O jornal perguntou se outros norte-americanos são privados do acesso ao teste.

Na coletiva de imprensa realizada no dia 18 na Casa Branca, ao responder a pergunta de que se as pessoas privilegiadas têm acesso mais fácil ao teste viral, Donald Trump disse que não, mas acrescentou que isto é a vida e acontece de vez em quando. Essa resposta se tornou um tema recorrente na rede social, revelando mais uma vez o fato de que 1% dos ricos possuem 40% dos patrimônios dos EUA.

Perante a epidemia, “isto é a vida” obviamente não é uma resposta correta. Os políticos estadunidenses devem tratar a situaçãode maneira franca, manter a transparência e responder a tempo, para proteger verdadeiramente os cidadãos norte-americanos.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Erasto Santo Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Os alunos de Qinghai iniciaram novo semestre com medidas de prevenção mais rigorosas contra o novo coronavírus
Agricultores colhendo folhas de chá em uma plantação
Torre Pérola Oriental de Shanghai reabre ao público
Pacientes receberam alta hospitalar e terminaram a quarentena de 14 dias para observação médica em Wuhan
Paisagem de primavera do Lago Oeste
Construção da superponte do rio Qingshui é retomada em Guizhou

Notícias

​CGTN ajuda médicos chineses e estrangeiros a trocar experiências do combate à epidemia
Vinte kits de teste de COVID-19 são aprovados pela China, diz especialista
China compartilha experiências de controle do COVID-19 com países europeus
Preços da carne suína na China continuam atenuando
China aprova nova empresa nacional de gestão de ativos
Especialistas chineses realizam cooperação médica transnacional