Países europeus anunciam novas medidas de prevenção epidêmica

Fonte: CRI Published: 2020-03-12 16:25:37
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Muitos países da Europa anunciaram na quarta-feira (11) novas medidas de prevenção e controle contra a epidemia do novo coronavírus.

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, proferiu um discurso por meio de uma transmissão ao vivo. Ele exigiu o fechamento de todos os comércios, apenas com a exceção de farmácias, lojas de comida e outras que atendem às necessidades básicas do povo. Conte salientou a continuação dos serviços públicos básicos como correios, transporte, finanças etc.; encorajou o trabalho flexível, o início das férias e garantiu que as empresas manufatureiras continuarão a funcionar de forma segura, além de ter dito que o fluxo de pessoas continuará a ser limitado.

O ministro da Saúde francês, Olivier Véran, evidenciou a proteção ao grupo de idosos. Segundo ele, dos 44 mortos pela epidemia, 33 são idosos acima de 75 anos. Para uma melhor proteção a esse grupo de pessoas, o Ministério da Saúde anunciou que proibirá visitas às instituições de idosos.

O orçamento publicado recentemente pelo governo britânico inclui um plano incentivo econômico no valor de 30 bilhões de libras, especialmente para responder à epidemia do novo coronavírus. Para manter a estabilidade econômica, o Reino Unido ainda publicou outras medidas como fornecer apoio de empréstimo a pequenas e médias empresas, compensar o salário para os trabalhadores dessas empresas que foram obrigados a ficar em quarentena de 14 dias, bem como aumentar em grande escala os fundos para a pesquisa.

O Ministério da Cultura da Espanha anunciou o fechamento temporário de todos os museus em Madrid.

A chanceler alemã, Angela Dorothea Merkel, afirmou que especialistas acreditam que 60% a 70% dos alemães, no caso de não ter vacina ou medicamentos específicos, poderão ser infectados pelo novo coronavírus. Ela disse que é importante para o governo garantir que o sistema médico não fique sobrecarregado, e que os idosos e pessoas com doenças subjacentes tenham recursos médicos garantidos. Outras medidas propostas pelo governo incluem o cancelamento das ações de mil pessoas e a proibição de exportação dos materiais de prevenção epidêmica.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Torre Pérola Oriental de Shanghai reabre ao público
Pacientes receberam alta hospitalar e terminaram a quarentena de 14 dias para observação médica em Wuhan
Paisagem de primavera do Lago Oeste
Construção da superponte do rio Qingshui é retomada em Guizhou
Campo de flores de canola em Zhejiang
Os dois últimos hospitais temporários em Wuhan foram fechados

Notícias

Equipe médica da China chega à Itália para auxiliar no combate ao COVID-19
​Associação de Jornalistas da China condena EUA pela supressão injustificada e ação discriminatória contra jornalistas chineses
Trump suspende todas as viagens da Europa para os EUA, exceto Grã-Bretanha
Países europeus anunciam novas medidas de prevenção epidêmica
Chancelaria do Irã diz que “auxílio” dos EUA é mentira
Irã constrói centros temporários para internar infectados com o COVID-19