Comentário: EUA perdem apoio dos aliados europeus na questão sobre Huawei

Published: 2020-02-16 18:51:20
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“Porque a tecnologia 5G ameaça o sistema político dos países ocidentais? Você acha que o sistema democrático é tão frágil que apenas uma empresa chinesa de tecnologia como aHuawei já poderia derrubá-lo?", pertuntou Fu Ying, uma diplomata chinesa experiente, à presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, no dia 14 na Conferência de Segurança de Munique, realizada na Alemanha.

Nancy Pelosi disse que a China está tentando impor uma“ditadura digital” para outros países através da tecnologia de telecomunicação da Huawei e que realizará uma retaliação econômica aos países que ainda não utilizam as tecnologias da empresa. No entanto, isso não passa de uma suposição, pois nunca aconteceu.

Na ocasião, Fu Ying refutou que após a abertura ao exterior há mais de 40 anos, a China introduziu muitas tecnologias dos países ocidentais. Empresas norte-americanas, como, Microsoft, IBM e Amazon, são muito ativas na China. Segundo Fu Ying, essas tecnologias não ameaçam o sistema político da China, mas ajudam-na a ter sucesso.

As palavras da diplomata chinesa conseguiram aplausos dos participantes. Nancy Pelosi, que caiu num embaraço, disse que a Huawei e outras empresas chinesas não são do modelo de empresa livre.

As opiniões da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos não conseguiram o apoio nem dos aliados europeus. O chanceler chinês, Wang Yi, disse na entrevista concedida ao Reuters que muitos países europeus, como o Reino Unido e a Alemanha, não acreditam nos rumores e querem oferecer uma paltaforma de competência justa para as empresas de outros países, como a Huawei. Os EUA não querem o desenvolvimento de outros países e nem de suas empresas, acrescentou Wang Yi.

Não discriminar é um dos princípios fundamentais do mercado de economia e do modelo de empresa livre citado por Nancy Pelosi. Mas nos últimos tempos, as medidas protecionistas dos EUA danificaram muito as regras do mercado e a confiança dos investidores.

A tecnologia 5G da Huawei é apenas uma das divergências entre os parceiros transatlânticos. Antes, Washington já tinha obrigado os aliados europeus da OTAN a aumentarem substancialmente os gastos militares. Além disso, os estadunidenses também atrapalharam as cooperações de energias entre a União Europeia e a Rússia.

A arrogância e o unilateralismo dos EUA estão preocupando muito os europeus.

Tradução:Luís Zhao

Revisão: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China envia mais de 20 mil médicos para ajudar no combate antivírus em Hubei
Agricultores de toda a China retomam produção
Força Wuhan
Mais robôs de desinfecção entram em serviço em vários hospitais em Qingdao
Funcionários ferroviários realizam operações de desinfecção para conter a propagação da epidemia
Mais equipes médicas são enviadas a Hubei para lutar contra coronavírus

Notícias

Dança no combate contra o novo coronavírus
Beijing promete ar mais limpo em 2020
Mais de 1.700 funcionários médicos chineses são infectados pelo novo coronavírus
Shanghai usa sistema de segurança sem contato em metrô
China envia mais de 20 mil médicos para ajudar no combate antivírus em Hubei
Hospitais chineses dão alta a 5.911 pacientes curados da infecção por novo coronavírus