Brasil reabrirá estação de pesquisa antártica

Fonte: Xinhua Published: 2020-01-13 20:57:35
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Brasil vai reabrir sua estação de pesquisa na Antártida destruída por um incêndio em 2012 e reconstruída pela China National Electronics Import and Export Corporation (CEIEC), informou no domingo o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão.

A base antártica brasileira Comandante Ferraz será reaberta em 14 de janeiro.

Mourão iniciará uma viagem para o "continente branco" na segunda-feira para a cerimônia de inauguração.

Após a base científica ter sido destruída em 2012, a Marinha brasileira convocou uma licitação pública para sua reconstrução em 2015. A empresa chinesa foi a vencedora.

O governo brasileiro investiu US$ 100 milhões na obra, segundo o website da Marinha.

Para Mourão, a nova estação científica do Brasil na Antártida é uma joia da arquitetura moderna e manterá a presença brasileira no trabalho que está sendo feito pela comunidade científica internacional.

A estação de 4.500 metros quadrados pode hospedar 64 pessoas, com 17 laboratórios.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China entra na alta temporada de viagens da Festa da Primavera
Festival de Lanternas de Qinhuai inaugurado em Nanjing
Nanning: Mercados realizam preparativos para Festival da Primavera
Pandas gigantes se divertem na neve em Jinan
China Post lança selos especiais do Ano Lunar do Rato
Neve cai em Beijing pela primeira vez em 2020

Notícias

Beijing promoverá classificação de lixos sólidos
Air Macau estabelece-se no Aeroporto Internacional de Beijing-Daxing
Produção e venda de carro elétrico chinês continua a manter posição liderança em 2019
China continuará liberando carne de porco congelada no mercado após Festa da Primavera
Vice-premiê chinesa enfatiza construção de sistema para cuidado aos idosos
​Razão da queda do avião ucraniano ainda não está esclarecida