São Paulo recebe 4º Fórum de Imprensa do BRICS

Published: 2019-11-01 16:18:03
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O 4º Fórum de Imprensa do BRICS, bloco composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, foi realizado em São Paulo nos últimos dias 30 e 31. O evento foi organizado conjuntamente pela Agência de Notícias Xinhua da China e pelo Grupo CMA do Brasil.

Em seu discurso, a cônsul-geral da China em São Paulo, Chen Peijie, disse que a crescente influência do BRICS no cenário internacional é resultado por parte dos esforços dos veículos de imprensa dos países membros. Ela acredita que a cooperação da mídia do bloco terá uma perspectiva brilhante na segunda década do mecanismo.

Neste fórum, representantes de mais de 20 veículos de imprensa dos cinco países do BRICS discutiram sobre temas como o papel da imprensa na promoção da cooperação do bloco e a aplicação de novas tecnologias na mídia, expressando a vontade comum de dar mais contribuições para aprofundar a cooperação do BRICS.

Durante o evento, ainda foi realizada uma exposição fotográfica das mídias do BRICS, na qual quase cem fotografias dos cinco países foram expostas, mostrando o desenvolvimento econômico, o progresso científico e tecnológico e intercâmbios culturais e de pessoas.

tradução: Shi Liang

revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong