Três cientistas compartilham o prêmio Nobel de Medicina de 2019

Published: 2019-10-08 17:14:44
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O cientista britânico Peter J. Ratcliffe e os cientistas dos Estados Unidos, William G. Kaelin e Gregg L. Semenza compartilham o prêmio Nobel de Medicina de 2019, por descobrir a maneira como as células sentem e se adaptam aos níveis de oxigênio disponíveis.

De acordo com o júri do Instituto Karolinska, o papel essencial do oxigênio já foi percebido há séculos, mas a maneira como as células se adaptam às alterações dos níveis de oxigênio ficou desconhecida por um longo tempo. A pesquisa inovadora nos mostra “um dos processos mais essenciais de adaptação da vida”.

O resultado, segundo o júri, poderá abrir caminho para novas táticas no tratamento do câncer, anemia e outras doenças.


Tradução: Laura

Revisão: Erasto

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong