Xi Jinping reúne-se com secretário-geral da ONU

Fonte: CRI Published: 2019-06-28 16:39:42
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O presidente chinês, Xi Jinping, se reuniu hoje (28), em Osaka, no Japão, com o secretário-geral da ONU, António Guterres.

Xi Jinping apontou que a China tem apoiado o multilateralismo e a ONU por desempenhar um papel positivo nos assuntos internacionais. Quanto mais complicada e grave a situação internacional, mais importante demonstrar a autoridade e a função da ONU. Ele disse que é preciso incentivar, sob a orientação da organização, todo o mundo a concretizar maior união e avanço. A China continuará apoiando o trabalho da organização e do secretário-geral, com ações efetivas.

O presidente chinês manifestou que, atualmente, a complexidade e a turbulência da situação internacional se intensificaram, especialmente nas áreas de baía que estão em uma encruzilhada entre a guerra e a paz. A parte chinesa sempre se posiciona a favor da paz e se opõe à guerra. Ele ressaltou que todos os lados devem manter a calma e reforçar o diálogo e a consulta, bem como salvaguardar em conjunto a paz e a estabilidade regionais.

Xi Jinping afirmou que a Cúpula do G20 em Osaka deve pensar abrangentemente nas necessidades de desenvolvimento global e transmitir um sinal correto a todo o mundo. A China elogiou os esforços do secretário-geral para impulsionar a cooperação da comunidade internacional no enfrentamento das mudanças climáticas. O país está disposto a promover a Cúpula de Ação Climática da ONU para alcançar frutos positivos.

Por sua vez, António Guterres avaliou positivamente o apoio de longo prazo da China à organização e suas contribuições para o impulsionamento da resolução da questão sobre a Península Coreana por meio político e o enfrentamento das mudanças climáticas, além da promoção do desenvolvimento sustentável. Ele disse que a iniciativa do Cinturão e Rota, proposta pela parte chinesa, é bastante importante para o desenvolvimento global, particularmente para a África. A ONU deseja se esforçar em conjunto com a China para desempenhar melhor o papel na gestão global, tornando o multilateralismo uma corrente principal da comunidade internacional, enfatizou o secretário-geral.

Tradução: Virgília Han

Revisão: Diego Goulart


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Exposição Econômica e Comercial China-África inaugurada em Changsha
Osaka, cidade anfitriã da cúpula do G20
Bela paisagem ao redor do Lago Sayram em Xinjiang
Inaugurada "a livraria mais linda da China" em Beijing
China começa a testar primeira linha de metrô que atravessa Rio Amarelo
Campo de girassol em Nanjing

Notícias

Atrito comercial entre China e EUA impactará economia africana, afirma oficial angolano
Presidente chinês e líderes africanos se reúnem durante Cúpula do G20
Economista brasileiro: prática econômica e comercial da China e dos EUA tem diferença importante
Xi Jinping poderá realizar visita de Estado ao Japão na próxima primavera
Comentário: a China combate o protecionismo com sua abertura
Presidente chinês e primeiro-ministro japonês se encontram em Osaka