Embaixador da China publica artigo assinado sobre construção do Cinturão e Rota e relações sino-britânicas

Fonte: CRI Published: 2019-05-29 15:04:32
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O embaixador da China no Reino Unido, Liu Xiaoming, publicou nesta terça-feira (28), no jornal britânico, The Daily Telegraph, o artigo intitulado “A nova jornada para o Cinturão e Rota significa novas oportunidades para a era dourada das relações sino-britânicas”.

O diplomata lembrou no artigo que o 2º Fórum do Cinturão e Rota para a Cooperação Internacional foi realizado com sucesso em abril. Na ocasião, cerca de cinco mil convidados de mais de 150 países de 90 organizações internacionais se reuniram em Beijing para discutir em conjunto a cooperação internacional na construção do Cinturão e Rota e o futuro próspero. Todos os lados alcançaram 283 resultados pragmáticos e assinaram acordos cooperativos, no valor de mais de US$ 64 bilhões.

Liu Xiaoming ressaltou que promover um desenvolvimento de alta qualidade da construção conjunta do Cinturão e Rota é tanto a necessidade de impulsionar um crescimento forte e inclusivo da economia mundial como a ampliação da economia chinesa que já está em um caminho para um desenvolvimento de alta qualidade.

O embaixador disse ter testemunhado nos últimos 10 anos a melhoria da cooperação entre a China e o Reino Unido na construção do Cinturão e Rota, depois de assumir o cargo. Como o representante especial da primeira-ministra britânica, Theresa May, o ministro das Finanças, Philip Hammond, participou por duas vezes do Fórum do Cinturão e Rota para a Cooperação Internacional. Na primeira edição, ele manifestou que o Reino Unido é o “parceiro natural” da iniciativa. No evento realizado este ano, Hammond afirmou que a iniciativa é realmente uma “grande aspiração que pode ser colocada na história”.

Quanto ao futuro, o embaixador chinês acredita que o desenvolvimento de alta qualidade do Cinturão e Rota trará mais novas oportunidades para a era dourada das relações sino-britânicas com um desenvolvimento mais amplo, mais profundo e de nível mais alto, além de criar maior espaço para os dois países reforçarem a colaboração nas finanças verdes, na gestão dos ricos e no mercado de terceiros.

Tradução: Virgília Han

Revisão: Diego Goulart


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong