Brasil receberá investimento de US$ 621 milhões do banco do BRICS

Published: 2019-04-18 19:52:25
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Brasil receberá um investimento de US$ 621 milhões do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), divulgou nesta quarta-feira o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

  O banco aprovou quatro projetos brasileiros na área de energia renovável, construção de estradas, construção de ferrovias, saneamento, telecomunicações e refinaria de petróleo, segundo uma pesquisa do instituto "Arquitectura Financeira Conjunta do BRICS: O NDB".

  O banco aprovou 30 projetos no período entre 2016 e 2018, totalizando US$ 8,1 bilhões. Quase um terço do montante é destinado ao setor de transporte e 26% aos projetos de energia renovável, segundo o Ipea.

  Como um dos cinco membros fundadores do NDB, o Brasil já investiu US$ 1 bilhão no banco e deve dobrar sua contribuição até 2022.

  O NDB, conhecido como o Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS, foi estabelecido em 2015 pelos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) como uma nova fonte de financiamento de projetos de infra-estrutura e desenvolvimento sustentável, tanto para os membros do BRICS quanto para outros países em desenvolvimento. O banco está sediado em Shanghai, na China.

(Xinhua)

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Cenário da aldeia Dong em Guizhou, sudoeste da China
Aberto o Salão Internacional do Automóvel de Shanghai
Confira fotos antes e depois do incêndio na Catedral de Notre-Dame
Feira de Importação e Exportação da China abre em Guanghzou
Mar de nuvens na montanha Sanqing
Festival de aspersão de água em Yunnan

Notícias

Fórum Temático do Cinema de Internet foi realizado em Beijing
Reserva de divisas da China no 1º trimestre registra crescimento estável
Parque tecnológico de Tianjin cria bom ambiente de trabalho
Visitar o Bazar em Xinjiang
Jornalistas estrangeiros começam intercâmbios de estudo na China
Especialista: Cinturão e Rota nasceu na China, mas pertence ao mundo