​Ano Novo Chinês integra calendário oficial do Rio de Janeiro

Fonte: Xinhua Published: 2019-02-05 18:23:25
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Ano Novo Chinês foi integrado oficialmente no calendário do Estado do Rio de Janeiro, e a chegada da Festa da Primavera foi celebrada em uma sessão solene nesta segunda-feira, na Assembleia Legislativa.

O cônsul-geral da China no Rio de Janeiro, Li Yang, participou do evento, que foi presidido pela deputada estadual Tia Ju. O projeto de lei que institui o Ano Novo Chinês como parte do calendário oficial do Rio de Janeiro é de autoria da mesma deputada, aprovado em 2016. Após a sessão, foi aberta no Salão Nobre do Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa, no Centro do Rio de Janeiro, uma exposição fotográfica sobre os 40 anos da implantação da política de reforma e abertura na China e sobre a Iniciativa do Cinturão e Rota.

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, que não pôde comparecer à solenidade, enviou uma mensagem em que destacou o pioneirismo do Rio de Janeiro em lançar a data como oficial em seu calendário, reiterando os agradecimentos em nome da Embaixada da China no Brasil. Para Yang, Brasil e China devem escrever uma nova página em sua cooperação, cada vez mais estreita. O embaixador desejou um novo ano, representado pelo porco neste período que se inicia, de sorte e aperfeiçoamento.

Durante a cerimônia, o cônsul-geral destacou a emoção de ver a cultura chinesa representada no Parlamento do Estado do Rio de Janeiro, local que expressou amar. Para ele, a instituição da data oficial e o acontecimento da sessão solene são provas irrefutáveis da receptividade do Rio de Janeiro à China e dos laços de amizade e culturais entre os dois países.

- Este ano, será especial nas relações sino-brasileiras, pois serão celebrados os 45 anos dos laços diplomáticos entre Brasil e China. Além disso, o Brasil receberá a Cúpula dos BRICS - disse Li em seu discurso, que destacou o comércio bilateral de 2018 que superou os US$ 100 bilhões.

- A China defende a bandeira da paz, da abertura e do multilateralismo, em um mundo globalizado, cujo desenvolvimento seja compartilhado pela humanidade - afirmou o cônsul-geral.

Segundo a deputada Tia Ju, a data marca o estreitamento dos laços com a comunidade chinesa no Rio de Janeiro, que tem cerca de 20 mil integrantes. Apenas no Estado, há 40 empresas de grande e médio porte em operação, o que estimula a economia local. Além disso, segundo a parlamentar, a ideia é divulgar a cultura e a tradição chinesas.

O secretário estadual de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Ruan Lira, destacou que a data simboliza não apenas a parceria entre as comunidades chinesa e fluminense, mas as bases para ação. Ainda neste ano, segundo ele, devem ocorrer no Estado um festival internacional de pipas e um festival internacional de lanternas, uma campanha que deverá ser conduzida conjuntamente com governos locais chineses.

Estiveram presentes à cerimônia representantes de países como Rússia e Angola, além de dirigentes setoriais do Brasil, bem como integrantes da comunidade chinesa no Rio de Janeiro. Números de dança e música, como a Dança do Leão, foram apresentados durante as festividades.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pandas gigantes aproveitam presente especial do Festival da Primavera em parque de Guangzhou
Macau: Mercados realizam preparativos para Festival da Primavera
Nanjing: Festival de Lanternas de Qinhuai
Centro de distribuição automatizado inaugurado em Nanjing
Paisagem de inverno em parque florestal de Qinghai
Pessoas visitam mercado para compras do Festival da Primavera

Notícias

Comentário: Ano Novo Chinês foi marcado por altas tecnologias
Público chinês curte Gala da Festa da Primavera
Fotos da Gala do Grupo de Mídia da China III
Fotos da Gala do Grupo de Mídia da China II
Fotos da Gala do Grupo de Mídia da China
Gala da Festa da Primavera 2019 do Grupo de Mídia da China mostra cultura chinesa ao mundo (fotos)